Use o Wi-Fi social para conquistar os clientes do seu estabelecimento

Wi-Fi social para o seu estabelecimento é uma ferramenta valiosa

Sabemos que oferecer uma rede Wi-Fi grátis  para os clientes tornou-se obrigatório em todos os estabelecimentos. Porém, há uma grande oportunidade comercial em utilizar esse recurso, mais precisamente se for um Wi-Fi social.

Além de produtos e serviços de qualidade, seus clientes também esperam uma experiência única.  Pensando nisso, o Wi-Fi social é uma saída que beneficia o seu cliente e também ao seu negócio.

Isso por que ele tornará o seu ambiente mais atrativo e atenderá uma necessidades dos consumidores, mas também se pode se tornar uma ferramentas comercial para você.

Acompanhe esse post para saber como fazer o melhor uso do Wi-Fi social. Você e o seu negócio só têm a ganhar com o uso dessa ferramenta.

Por que instalar o Wi-Fi social no meu negócio?

Primeiramente, a questão aqui não é apenas oferecer tal recurso, mas sim oferecê-lo da maneira certa. Afinal, você pode utilizar o Wi-Fi social como uma ferramenta estratégica para o seu negócio.

Portanto, ao instalar um Wi-Fi social é possível capturar informações valiosas dos seus clientes, tais como: nome, e-mail, telefone e perfil em redes sociais, como Facebook.

Quando utilizadas da maneira certa, essas informações trarão apenas benefícios para o seu negócio, entre eles:

  • Fidelização de clientes;
  • Informações sobre o perfil do seu público;
  • Visibilidade nas redes sociais;
  • Mailing qualificado para ações comerciais;
  • Aumento da sua base de contatos.

Essas são apenas algumas das possibilidades, que podem alavancar o seu estabelecimento.

Quem deve usar o Wi-Fi social?

Então, qualquer empresa pode utilizar o Wi-Fi social, para disponibilizar uma conexão segura para os seus clientes.

Por exemplo, é interessante para um escritório contar com esse recurso no momento de receber clientes, fornecedores e parceiros para uma reunião.

Contudo, quem mais se beneficia desse recurso, sem sombra de dúvidas são os estabelecimentos comerciais, já que o usuário do Wi-Fi social será o cliente final.

Esses são os negócios que mais têm a ganhar com o uso dessa ferramenta:

  • Restaurantes;
  • Salões de Beleza;
  • Lojas de roupas;
  • Spas;
  • Mercados e Supermercados;
  • Barbearias;
  • Livrarias;
  • Cafés.

Como instalar um Wi-Fi grátis no seu estabelecimento?

Não há nada de muito complicado e nem de valores elevados para fazer essa instalação. Basicamente são necessárias três coisas:

  1. Conexão com a internet;
  2. Roteadores e pontos de acesso;
  3. Suporte técnico de TI especializado.

Em suma, o processo todo costuma ser bem simples. Como suposição, vamos imaginar um restaurante com capacidade para 100 clientes.

#1 Conexão de Internet

O primeiro passo é aderir a um serviço de banda larga para o seu negócio. O que, provavelmente, você já possui.  Entretanto, aqui o importante é observar a velocidade que será contratada.

Nessa situação que imaginamos, um plano de 50MB seria o mínimo recomendado. Tudo dependerá dos objetivo e da capacidade do seu negócio.

#2 Roteadores e pontos de acesso

Sem um roteador simplesmente não há como ter Wi-Fi social. Sua escolha deve levar em consideração o tamanho e estrutura do estabelecimento.

A marca e a capacidade do aparelho também contribuem na hora de definir qual é o melhor modelo para o seu negócio.

Além do roteador, que é o equipamento responsável por distribuir a rede Wi-Fi, é preciso adquirir também alguns pontos de acesso.

Esse dispositivo ajuda o roteador a distribuir a conexão por um ambiente, replicando o seu sinal.

Segundo o Engenheiro Eletricista, Eric Lieb: “Usando como parâmetro as marcas nacionais, o recomendado é que em um único roteador tenham entre 20 e 30 clientes conectados ao mesmo tempo, a fim de garantir uma conexão estável“.

Então, em nosso restaurante imaginário, seriam necessários quatro dispositivos. Um roteador central e outros três pontos de acesso, para que a internet seja distribuída igualmente, entre todos os clientes.

Uma dica, é posicionar os aparelhos de forma a dividir seu ambiente em quatro setores diferentes. Feito isso, os dispositivos devem ser distribuídos entre cada um dos setores definidos.

#3 Suporte técnico de TI especializado

Contratar um suporte técnico de TI fará toda a diferença na instalação do seu Wi-Fi grátis. Um serviço especializado diminuirá as chances de possíveis falhas e contratempos em sua rede.

Nesse momento, é importante redobrar a atenção com a segurança da rede da sua empresa. Desta maneira, o seu Wi-Fi grátis será configurado sem problemas. Ninguém melhor do que um profissional de TI, para conferir toda a infraestrutura do seu estabelecimento e garantir que ela esteja segura.

Aqui estão algumas recomendações de segurança, para as empresas que desejam configurar o Wi-Fi grátis:

Outra ação adicional, que ajuda a garantir maior segurança para seus clientes, é fazer uso de uma VPN. Esse Software codifica a troca de dados, para que terceiros não possam ter acesso às informações dos usuários.

Ferramentas para oferecer o Wi-Fi grátis

Outro ponto em que o Wi-Fi grátis pode ajudar o seu negócio é no aumento da base de contatos. Para isso, considere solicitar um login para os consumidores, usando ferramentas especiais para isso.

Opções populares como a Linktel, oferecem ferramentas de identificação para uso do Wi-Fi grátis. Elas são uma excelente alternativa para captar e armazenar os dados dos clientes.

A funcionalidade ajuda a criar um mailing qualificado, para as ações comerciais do seu segmento, pesquisas de satisfação, promoções de aniversário, entre outros.

O Facebook, que é considerado a maior rede social do mundo, possui uma ferramenta muito útil para a disponibilização do Wi-Fi social. Com ela, é possível oferecer o Wi-Fi grátis através de um pagamento social: O check-in em seu restaurante.

Esse recurso vai ajudar a aumentar a presença de sua loja na rede social, alcançando os círculos de amigos dos seus clientes. Essa é uma maneira de encorajá-los a visitar o restaurante frequentado por um conhecido.

Além disso, ao dizer que está no local, os clientes também são convidados a curtir a página do estabelecimento.

Como configurar o Wi-Fi com o check-in do Facebook

O Facebook já conta com mais de 127 milhões de usuários ativos por mês, somente no Brasil.

Por isso, é mais do que interessante utilizar sua ferramenta de Wi-Fi social no seu estabelecimento. Afinal, você terá uma boa base de futuros consumidores para explorar.

É muito simples fazer isso, vamos te ensinar o passo a passo:

1. Em primeiro lugar, é precise checar se o seu modelo de roteador possui a função ‘Redes Sociais’. O próprio Facebook disponibiliza uma lista com algumas opções, basta clicar aqui para conferir.

2. É claro, seu estabelecimento precisa ter uma Fanpage no Facebook. Caso ainda não tenha, você deve criar uma.

3. No roteador, ative a opção de login com Facebook. Vale ressaltar que o procedimento pode variar de acordo com modelo de roteador. Confira o procedimento para os modelos sugeridos pelo Facebook em sua página de suporte.

4. Já com o painel de configuração do Wi-Fi aberto, selecione a  página correspondente ao seu estabelecimento no Facebook. Lembre-se, nesse momento é preciso que você esteja logado como administrador da página.

5. Em ‘Modo de Acesso’, escolha a opção que exige ao usuário realizar um check-in.

6. Já em ‘Duração da sessão’, defina o período que a sessão deve permanecer ativa na rede Wi-Fi. Você pode definir que seja um acesso com check-in único ou que seja realizado um novo check-in, após expirar o tempo determinado.

7. Além do mais, você pode disponibilizar um termo de uso do serviço para os clientes que usarem a rede. Marque a alternativa ‘Opcional: para adicionar seus próprios Termos de Serviço’ e esse passo obrigatório.

8. Por fim, clique em ‘Salvar configurações’ e finalize a configuração do seu Wi-Fi social com o Facebook.

Viu como é simples? Os seus clientes poderão usufruir de uma conexão com a internet dentro do seu estabelecimento, enquanto você os conhece melhor. Todos ganham com essa ação!

Use a rede Wi-Fi grátis a favor do seu estabelecimento

Em síntese, são muitas as vantagens de ter uma rede Wi-FI de qualidade em um estabelecimento. Um clássico exemplo é o da rede de cafés Starbucks.

Suas lojas são conhecidas mundialmente, não só pelo seu café, mas como um ponto de encontro para reuniões de trabalho e estudo. O seu ambiente agradável e o Wi-Fi social sempre disponível são atrativos para os clientes.

Ou seja, é esperado que qualquer lugar ofereça uma conexão para seus clientes, certo? Então, como um diferencial, preocupe-se com a qualidade da sua.

Sendo assim, evite instabilidades, internet lenta e oscilações.  Desta maneira, você conquistará a confiança e preferência do seu público.

Conforme citamos aqui, uma maneira simples de fazer isso é fazendo a configuração do seu Wi-Fi social com uma empresa especializada em suporte de TI.

Você já havia parado para pensar em como o Wi-Fi social é útil, não só para os cliente, mas para o seu próprio negócio? Então, invista nesse recurso e melhore os resultados do seu estabelecimento.