Varejo online: 4 boas práticas de TI essenciais para o seu negócio

Varejo online: 4 boas práticas de TI essenciais para o seu negócio

Varejo Online

O varejo online é um setor que tem crescido exponencialmente ao passo que a internet se populariza e os internautas acabam percebendo novas formas vantajosas de utilizá-la para ganhar dinheiro.

Porém sabemos que o varejo online apresenta muitas diferenças daquele varejo tradicional, em que é preciso se deslocar até uma loja física para comprar um item que você tanto deseja.

Nas lojas físicas, por exemplo, há uma confiança maior, pois o cliente chega, conversa diretamente com o vendedor, analisa o produto e até o experimenta, se for caso.

Já no varejo online, é preciso ter outro tipo de postura. Afinal, como você conquistará seu cliente? Em meio a tantas lojas virtuais, por que o consumidor deve escolher a sua?

Você já parou para se perguntar esse tipo de coisa?

Se não, é melhor começar a trabalhar nisso! Existem práticas muito importantes do setor de TI que devem ser consideradas nesse contexto.

Por isso, preparamos este artigo para mostrar tudo o que você precisa saber sobre varejo online e quais técnicas usar para conseguir um resultado melhor no seu negócio.

Continue lendo!

O que é varejo online?

O varejo online é o comércio eletrônico, ou seja, que funciona por meio da internet. 

É muito comum encontrar nesse segmento grandes redes de lojas que, além de terem suas filiais físicas por todo o país, também disponibilizam a versão de compra através do site, da loja virtual.

Algumas lojas, por outro lado, existem apenas virtualmente, sem endereços físicos. O varejo online tem crescido tanto que, para algumas lojas, abrir mão da versão física é mais vantajoso.

Datas comemorativas, como Dia das Mães, Natal e, principalmente, Black Friday, são momentos do ano em que o varejo online ganha ainda mais força, pois muitos consumidores preferem fazer as compras de dentro de casa e evitar o estresse de lojas muito congestionadas.

Tendências para o varejo online

Para podermos explicar como você pode melhorar seu desempenho no setor de varejo online, devemos, em primeiro lugar, fazer uma contextualização de como esse segmento está evoluindo.

De fato, poder comprar sem sair de casa é uma comodidade recente, que até relativamente pouco tempo atrás não era possível.

Mas o importante é entender como que esse processo está atualmente, identificando as tendências e, com elas, as estratégias de inovação que você pode utilizar para se destacar nesse meio que está também cada vez mais competitivo.

Vejamos então quais as principais tendências para o varejo online atualmente!

Profissionalização das vendas

Como o varejo online está conquistando cada vez mais espaço e, consequentemente, importância, a responsabilidade também aumenta.

Isso exige que as empresas otimizem seus processos, buscando garantir ao consumidor o atendimento que ele espera, suprindo suas demandas e necessidades.

Assim, a adoção de códigos de barras nos produtos é uma maneira de formalizar ainda mais as vendas no setor, pois, ao usar o código, a loja online estará se preocupando com a precisão e segurança dos produtos no estoque.

Além disso, o cadastro e a atualização de dados será muito mais simples, e os possíveis erros serão minimizados.

Vendas mobile

O celular ocupa um espaço muito importante atualmente, pois é com ele que o consumidor passa a maior parte do tempo. 

O Brasil, por exemplo, é um dos países que apresenta um número alto de aparelhos celulares em uso.

Isso somado ao fato de que, além do Wi-Fi, a tecnologia 4G também está evoluindo, faz com que esse mercado se torne mais forte e que precise ser explorado.

Sugestões inteligentes

Uma tática que está em alta no varejo online é a de sugestões inteligentes. Isso nada mais é do que as sugestões que aparecem para o comprador que está navegando no site de uma loja, de acordo com a forma como ele interage.

Ou seja, tudo que ele pesquisa, abre ou todo produto que adiciona ao carrinho diz sobre o que ele quer e o que procura, e os sites devem cada vez mais saber aproveitar essas informações para incentivar o visitante a comprar ainda mais.

Marketing digital

O marketing digital é uma estratégia na qual as marcas estão apostando cada vez mais, pois é uma opção que mostra resultados bem expressivos e não é um investimento considerado alto.

Assim, crescem blogs e sites dedicados a postagens que se relacionem com os temas e produtos que são do interesse dos clientes, além da presença das lojas nas redes sociais.

Boas práticas de TI no varejo online

Agora que já vimos um pouco sobre as tendências do mercado de varejo online, vamos mostrar porque a Tecnologia da Informação é tão importante para esse segmento.

Confira!

1) Uso da inteligência artificial 

A preocupação com a satisfação do cliente cresce cada vez mais e, no varejo online, ela alcança proporções ainda maiores, pois, afinal de contas, o comprador estará lidando com uma máquina, e não com outro ser humano.

Nesse ponto, a inteligência artificial surge como um meio de personalizar ainda mais cada venda. 

Por meio dela, a tecnologia deve conseguir captar com cada vez mais precisão quais são as necessidades do cliente, sugerindo exatamente o que ele quer ou o que provavelmente ele quer, mas não sabe.

Isso ajuda muito nas sugestões inteligentes, ao mostrarem ao comprador produtos similares ao que ele adquiriu ou que podem complementar sua compra.

Além disso, as assistentes virtuais também são cada vez mais exploradas. Os chamados chatbots, que interagem com o público, estão sendo mais e mais utilizados em lojas de varejo online não apenas no Brasil, mas em todo o mundo.

Esse conjunto de inovações geridas pelo time de TI proporciona agilidade, produtividade e redução de custos para as empresas.

2) Adaptação para venda mobile

Como vimos, a tendência de vendas pelo celular também está crescendo. 

Os profissionais de TI são os responsáveis por pensar a interface para adaptação dessas vendas para as telas do smartphone, por exemplo, tornando a navegação e a obtenção de informações sobre os produtos ainda mais acessíveis.

Outra atuação é no próprio desenvolvimento de um aplicativo exclusivo para as lojas.

Atualmente, essa é uma forma muito mais atrativa de chamar o consumidor para conferir seus produtos e ofertas, já que ele pode facilmente acessar a loja pelo celular quando estiver no caminho para o trabalho ou casa, por exemplo.

3) Organização da integração entre lojas

A loja no aplicativo, no site e até mesmo a loja física deverão estar cada vez mais conectadas, e isso nem sempre é algo simples.

Como a compra poderá começar em um dispositivo e terminar em outro, é importante a atuação do departamento de TI na organização dessa integração para que não ocorram erros por dificuldade na troca de informação entre os setores.

4) Comparação de preço e ofertas instantâneas

Outra tendência que se apresenta como uma boa prática para as lojas online é a comparação de preços.

Sabemos que o consumidor adora comparar preços entre lojas, principalmente no varejo online, mas essa é uma tarefa um tanto cansativa. 

Uma tática muito comum atualmente é que o próprio site disponibilize essa informação, mostrando que comprar na sua loja é mais vantajoso que em outras.

Além disso, outra tecnologia que se mostra bem positiva é a adaptação do sistema para enviar ofertas instantâneas, também de forma personalizada, para conquistar o cliente exatamente com o produto em que ele tem interesse.

Essas foram nossas dicas para que você use o setor de TI a favor do seu negócio em varejo online. Gostou das sugestões? Saiba também como manter sua empresa segura.

Compartilhe no:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *