Reduza os custos de TI da sua empresa ou ganhe dinheiro fazendo chamados de TI

Blog

Tudo que você precisa saber sobre tecnologia em um só lugar.

Tecnologia em farmácia: por que investir?

Tecnologia em farmácia: por que investir?

As inovações pelas quais o mundo vem passando têm beneficiado diversos segmentos de mercado e para a gestão farmacêutica não é diferente. A tecnologia em farmácia é sim um investimento que vale a pena.

A transformação digital operou e está operando uma mudança profunda nas relações entre sociedade e também empresas. 

Além de proporcionar experiências cada vez mais únicas para os clientes, a tecnologia torna o trabalho mais eficiente e otimizado.

De acordo com o Guia 2019  da Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa, a INTERFARMA, o Brasil ocupa a posição de 7º maior mercado farmacêutico no mundo, tendo arrecadado um total de R$ 90 bilhões apenas em 2018. 

Esse desenvolvimento do setor tem sido ainda mais fortalecido principalmente pelo uso de ferramentas tecnológicas que informatizaram estoques e integraram sistemas.

Neste artigo você entenderá melhor essa relação, conhecendo a importância da tecnologia em farmácia, seus benefícios e aplicações.

Acompanhe e boa leitura!

Importância da tecnologia em farmácia

A tecnologia no âmbito farmacêutico é importante nos dias atuais, pois abre portas para diversas oportunidades de melhorar o atendimento a clientes e pacientes.

Não é preciso entrar em uma farmácia grande para perceber que o setor consegue atender com muito mais eficácia quando utiliza soluções informatizadas para operar.

Os softwares de gestão, por exemplo, permitem a visualização de todo o panorama das operações rotineiras de uma farmácia, com todos indicadores objetivos, rápidos e assertivos, facilitando as decisões.  

É graças a uma dinâmica informatizada como essa que os processos operacionais se tornam mais ágeis.

Estamos falando de detalhes como a gestão financeira, preparação de novas remessas de compras, fechamento de caixa, vendas, sistema de precificação inteligente, monitoramento de estoque, entre outras tarefas comuns.

É possível também adotar uma postura mais estratégica com relação ao funcionamento do negócio, apostando nos produtos e medicamentos certos para o seu público e investindo em campanhas de marketing com maiores chances de sucesso.

Com a padronização e integração interna, há uma expressiva redução dos erros, potencializando a equipe e alcançando os resultados desejados.

E nos hospitais?

Quando trazemos esse tema para a realidade das farmácias hospitalares, fica ainda mais claro o quanto a tecnologia pode ser útil.

As farmácias que operam em hospitais são essenciais para que o atendimento prestado aos pacientes seja de qualidade. Elas são responsáveis pela gestão da dispensação de medicamentos, administrando esses detalhes da melhor forma possível. 

De acordo com os dados levantados pela Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp), essa medicação representa uma boa parcela dos custos de um hospital, o que demanda controle constante para evitar prejuízos.

Nesse sentido, as ferramentas de automação da gestão garantem a confiabilidade e sucesso desses processos operacionais, facilitando também o trabalho dos profissionais da área.

Em momentos de crise, em que há alguma doença em surto, ou em períodos em que a demanda por determinados medicamentos aumenta por alguma razão específica, a tecnologia também pode ser um grande diferencial.

Isso porque ela dará apoio ao manter esse controle mais rígido, evitando que o setor de farmácia fique em falta com as demandas dos pacientes.

Benefícios da tecnologia em farmácia

Vimos que investir em tecnologia em farmácia é algo muito importante nos dias de hoje, pois assim como acontece para outros segmentos de mercado, ela é determinante para o desenvolvimento do setor.

Mas, sintetizando, vejamos quais são os principais benefícios que a TI proporciona para o setor farmacêutico:

Gestão de tempo otimizada

Com a tecnologia em farmácia, a gestão consegue otimizar o tempo ao administrar todos os seus processos com a ajuda de uma única ferramenta integrada.

Isso poupa um tempo enorme de profissionais, que teriam que passar boa parte de seu horário de trabalho realizando atividades mecânicas e burocráticas como o controle de estoque.

Menos probabilidade de erro

Um número lançado errado no controle de estoque pode comprometer e muito a gestão farmacêutica. Pacientes podem ficar sem assistência em um hospital e, no comércio, isso significa a perda de um cliente.

Portanto, é importante garantir que esse tipo de coisa não venha a causar problemas futuros, e a melhor forma de fazer isso é apostando em uma tecnologia apropriada, que detecte e previna irregularidades rapidamente.

Atendimento mais ágil

Agilizar o atendimento é um dos principais benefícios da tecnologia em farmácia. É possível evitar filas e detectar as demandas com mais facilidade, entregando o produto desejado em menos tempo. 

Assim, a farmácia também melhora sua imagem para com o público, se mostrando como de confiança e qualidade.

Gestão estratégica

Uma gestão estratégica é aquela que sabe como utilizar seus recursos da melhor forma possível, evitando gastos desnecessários e sempre focando no que realmente é importante para o negócio.

A tecnologia em farmácia, além de automatizar tarefas burocráticas e permitir um controle mais focado nas demandas, permite ainda visualizar melhor suas necessidades, como medicamentos que saem com mais frequência ou aqueles que estão com mais procura.

Assim, o dinheiro é direcionado para compras mais urgentes, evitando que a farmácia gaste com medicamentos que vão ficar parados no estoque.

Tecnologias que estão impactando o setor farmacêutico

Mas quais são as ferramentas que proporcionam os benefícios citados acima? Alguns dos destaques de tecnologia que estão mostrando bons resultados quando aplicados na área são:

Softwares de gestão

Os softwares de gestão são sistemas integrados, também chamados de Enterprise Resource Planning (ERP). Eles concentram toda a informação relevante para a gestão em um único lugar.

Assim, é possível gerenciar questões logísticas, recursos financeiros e também criar um banco com os principais dados de clientes.

Dessa forma, é possível visualizar melhor o que entra e sai, além dos investimentos e retornos em determinado período.

Recursos de comunicação

É possível adotar aplicativos específicos para agilizar o atendimento, onde o cliente pode fazer suas compras e solicitar a manipulação de algum medicamento.

Ou ainda, uma boa alternativa é utilizar canais de mensagens instantâneas, como o WhatsApp, para enviar ofertas especiais, avisos e até estreitar o relacionamento com a base de clientes.

Sistemas de integração hospitalar

Nos hospitais, a tecnologia pode garantir a integração entre a farmácia e as orientações do paciente, garantindo a segurança do mesmo.

Por exemplo, é possível realizar um cruzamento de dados com o Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP), assim a farmácia hospitalar recebe alertas se o paciente for alérgico a algum componente da mediação, garantindo a excelência do trabalho e evitando equívocos que podem ser fatais.

Assim, há a possibilidade de automatizar toda a gestão hospitalar e criar um módulo de farmácia clínica, que coordena as prescrições de pacientes em termos de dosagem, componentes e interações medicamentosas.

Essas foram algumas dicas de como a tecnologia em farmácia está inovando o setor e tem um enorme potencial para se desenvolver ainda mais. Quer continuar lendo sobre como a tecnologia pode ajudar o seu negócio? Entenda o uso dela para a gestão de crise.