Reduza os custos de TI da sua empresa ou ganhe dinheiro fazendo chamados de TI

Blog

Tudo que você precisa saber sobre tecnologia em um só lugar.

Profissional de TI: 8 dicas para se especializar na área

Hoje em dia, com o avanço da Tecnologia da Informação, surgem diversos campos de atuação profissional que valorizam o conhecimento dessa área, a fim de permitir que possamos utilizá-la a nosso favor. Mas você sabe, afinal, o que faz o profissional de TI?

A resposta para essa pergunta é bem complexa, já que o profissional de TI, como veremos ao longo deste texto, pode fazer muitas coisas.

Sabemos que é muito comum, para quem não entende muito bem como funcionam os aparelhos, desesperar-se quando algo acontece e eles param de funcionar.

Quem nunca saiu desesperado atrás de um técnico quando a tela do celular ou do computador apagou de vez, por exemplo?

É necessário entender que o papel desse profissional de TI vai muito além desse “socorro” nas horas inesperadas. Ele representa a mudança pela qual toda nossa sociedade vem passando através das inovações tecnológicas.

Neste artigo, você saberá mais sobre o papel do profissional de TI, além de dicas de como se especializar nessa área, que abrange várias tendências, caso seja do seu interesse. Confira!

O que é TI?

TI, ou Tecnologia da Informação, é a área que se dedica ao estudo do conjunto composto por atividades e soluções obtidas através de recursos computacionais.

O objetivo dessa área de estudo se baseia em obter, armazenar, acessar, gerenciar e utilizar as informações que resultam desses recursos.

Os estudos envolvem hardware, software, banco de dados e redes que servem para facilitar o acesso, a análise e o gerenciamento de informações.

De uma forma geral, a área de TI foi criada para auxiliar o ser humano a lidar com informações relativas à tecnologia computacional.

Atualmente, ela vem adquirindo uma responsabilidade estratégica dentro das empresas, não apenas sendo um setor de suporte.

Isso faz com que para empresas de qualquer ramo e qualquer porte, a equipe de TI seja primordial, assim como os investimentos em tecnologia.

Por exemplo, podemos citar as tendências que o mercado de TI apresentam nos dias de hoje e que auxiliam a produtividade das empresas, como a Internet das Coisas, Inteligência Artificial e Cloud Computing, para citar algumas.

O profissional de TI passa a ser fundamental para a aplicação de estratégias em cima dessas tendências, permitindo que as empresas consigam se manter em posições de relevância no mercado.

O que faz um profissional de TI?

Os profissionais de TI são aqueles que vivem nos bastidores.

Você, muitas vezes, nem percebe o trabalho deles, mas estão ali presentes para que você consiga realizar suas tarefas diárias no computador ou no celular.

Intrigante, não?

Eles são responsáveis por fazer com que as empresas consigam se manter em constante operação, ampliando a eficiência do trabalho e tornando possível aproveitar melhor as oportunidades de negócios.

O profissional de TI atua em organizações e negócios dos mais variados setores, tais como infraestrutura, segurança, gestão de recursos, sendo eles de grandes empresas ou pequenos escritórios.

No mercado de TI também há espaço para aqueles que preferem desenvolver um trabalho ou projeto mais específico, como softwares comerciais ou ferramentas para dispositivos móveis, como aplicativos.

Vejamos, a seguir, mais detalhes de algumas das principais áreas em que o profissional de TI pode atuar e como funciona esse trabalho.

Administração de redes

Esse setor é responsável por manter a empresa conectada internamente e também ligada ao resto do mundo.

O profissional de TI precisa ter muito conhecimento técnico e é responsável pela manutenção do acesso à rede local e à internet.

Administração de banco de dados

O profissional de TI, nesse caso, cuida de todas as informações eletrônicas armazenadas por uma empresa.

É um cargo de grande responsabilidade, pois, em alguns casos, esses dados incluem nomes de clientes e até valores de transações monetárias efetuadas por grandes corporações.

Arquitetura da informação

Área em que o profissional planeja a estrutura de diferentes serviços de TI.

Isso significa que o profissional de TI desse ramo é capaz de projetar desde a infraestrutura de um banco de dados até a disposição organizacional das informações que serão apresentadas por um site, por exemplo.

Processamento de dados

O especialista em processamento de dados trabalha com o controle do fluxo de informações e a criação de programas que realizarão tarefas específicas para o funcionamento das empresas.

Ou seja, é capaz de atuar nas diferentes etapas do desenvolvimento de software, na criação de aplicativos ou nos sistemas para web.

Em soma aos conhecimentos de TI, o profissional deve ter um senso crítico que permita compreender as necessidades do cliente e propor soluções dentro do ambiente organizacional.

Programação

Os profissionais de TI especializados em programação são responsáveis por traduzir a linguagem computacional para algo que pessoas não ligadas à tecnologia possam entender.

Ou seja, transformar códigos de computadores em programas que podem ser utilizados por usuários em geral.

Dentro dessa área, existem diversos tipos de linguagens, fazendo com que o interessado possa se especializar em diferentes subáreas.

Cientista de dados

O cientista de dados é o profissional que será responsável por lidar com o Big Data.

Esse profissional de TI é encarregado de interpretar essas informações, sabendo como aplicar de forma efetiva o enorme fluxo de dados gerados pelos usuários tem se tornado fundamental para todas as empresas. 

Na rotina de trabalho, o cientista de dados captura, organiza e analisa as informações da empresa, geradas por sistemas, usuários e clientes.

Saber cruzar tudo isso de uma forma que seja de fácil compreensão e utilização a favor dos negócios da empresa é o grande diferencial desse profissional de TI.

Qualidade de software

Muitos produtos estão em constante processo de desenvolvimento, e é primordial que tudo que é criado seja testado para que haja garantia de que irá agradar o público consumidor ao qual é destinado, certo?

Isso não é diferente na tecnologia. O profissional de TI especialista em qualidade de software é destinado a testar e aprovar os programas desenvolvidos por equipes e empresas.

Ele deve atestar a qualidade e usabilidade para pessoas comuns que utilizarão o serviço em sua rotina.

Cloud Computing

Cloud Computing ou computação na nuvem, é uma área da TI que lida com o armazenamento de informações. Essa é uma atividade que está cada vez mais valorizada, visto que a perda de dados é um dos pesadelos mais perigosos e recorrentes dentro das companhias.

O especialista da área deve ser capaz de atuar com atividades de planejamento, execução e direcionamento da capacidade de processamento e armazenamento de informações na nuvem.

Suporte técnico

O suporte técnico é indispensável para qualquer empresa, principalmente para aquelas que não têm a tecnologia como atividade principal, mas que precisam dela para que tudo possa funcionar.

Essa é a área pela qual grande parte das pessoas conhece o profissional de TI, pois são eles que resolvem problemas cotidianos, como consertar computadores e garantir acesso à internet.

Mas eles também atuam na parte interna de grandes empresas, tendo função de grande responsabilidade e valor.

Segurança da Informação

O especialista em segurança da informação é um profissional de TI que cuida da segurança dos dados da empresa. 

Ou seja, seu papel é impedir que informações de dentro da companhia acabem vazando ou que usuários não autorizados acessem o sistema da empresa.

O risco de invasão de sistemas é grande e pode causar um prejuízo enorme aos negócios. Por esse motivo e pela frequência com que empresas do mundo todo têm sofrido com esse problema, a procura por esse profissional de TI está aumentando.

Desenvolvimento Web

O profissional de TI especializado em desenvolvimento web trabalha com o desenvolvimento de sites para a internet. 

Esse processo de desenvolvimento envolve duas vertentes principais: o front-end e o back-end

A função de front-end é mais voltada para a parte visual de um site, ou seja, as cores, fontes e imagens usadas, e toda a combinação entre elas. Por outro lado, o back-end está relacionado com os bastidores do site, trabalhando com a conexão com o  banco de dados.

8 dicas para se especializar e evoluir na área

Se você tem interesse em se tornar um profissional de TI e pensa em atuar em alguma dessas áreas que citamos, nós preparamos uma lista de dicas que podem ajudar você nessa jornada.

Veja só!

1) Mantenha-se informado

Antes de mais nada, busque informação.

Leia sobre a área de TI, como ela evoluiu, como está o mercado atualmente, quais os desafios para se especializar etc.

Isso tudo fará com que você tenha uma ideia precisa do tipo de trabalho pelo qual está se interessando e se, mesmo com todas as suas características, ainda quer investir nisso.

2) Defina um objetivo

Depois de bastante pesquisa, o ideal é definir um objetivo em relação ao caminho que será traçado para conquistá-lo.

Defina o perfil de trabalho que você almeja através de um questionário, contendo perguntas como:

  • Você quer dinheiro? Quanto?
  • Pretende trabalhar como empregado ou empresário?
  • Quer fazer carreira em uma grande empresa?
  • Quer ser concurseiro?
  • Quer um trabalho com horários flexíveis? Talvez freelancer?
  • Você privilegia mais: dinheiro, benefícios ou prazer pela atividade?
  • Em qual área de TI você vai se especializar?

Todas essas perguntas serão fundamentais para que você decida mesmo o que quer fazer, portanto, dê muita atenção a elas.

3) Seja fluente em inglês

O inglês é a língua universal para profissionais de TI, portanto é importante ter conhecimento avançado para que você tenha acesso aos melhores conteúdos disponíveis no mundo.

Tendo essa vantagem, você já estará um grande passo à frente.

4) Faça um curso

Existem diversas opções de curso para quem quer se tornar profissional de TI, por isso é preciso definir qual será sua área de atuação para que possa escolher o curso de acordo com as características que atendam ao seu objetivo.

Os cursos variam entre nível superior e técnico, e alguns deles são:

  • Análise e Desenvolvimento de Sistemas
  • Banco de Dados
  • Ciências da Computação
  • Engenharia da Computação
  • Engenharia de Telecomunicações
  • Gestão da Tecnologia da Informação
  • Informática
  • Redes de Computadores
  • Sistemas de Informação
  • Sistemas para Internet

5) Seja comunicativo

Essa é uma habilidade fundamental para que o profissional atue de modo dinâmico e estratégico, interagindo com outras equipes. É também uma característica para se inserir no mercado.

Converse com pessoas, seja curioso e interessado, faça contatos.

Demonstrar proatividade é uma ótima maneira de chamar a atenção no mercado competitivo.

6) Seja flexível

O profissional de TI precisa ser flexível. O perfil das empresas dos dias atuais não tem mais espaço para profissionais engessados, rígidos, que ficam arraigados em uma mesma metodologia. 

Isso basicamente significa que aqueles que não sejam capazes de experimentar novas formas de operar as soluções de TI, estão sendo deixados de lado.

O bom profissional de TI deve ter capacidade para lidar com adversidades, problemas e contratempos, de forma rápida e estratégica.

É sempre bom ter em mente que algumas situações podem fazer com que todo o processo organizacional precise ser modificado e ele deve estar preparado para isso.

7) Seja autodidata

Como os avanços da tecnologia muitas vezes acontecem mais rápido do que os cursos conseguem se adaptar, procurar material novo é sempre bom.

Isso fará com que você fique à frente das mudanças do mercado e se destaque, sendo um profissional de TI atualizado e informado.

Portanto, vença a preguiça e se dedique de forma contínua durante uma parte do seu dia para estudar e aprender por conta própria!

8) Busque por certificações

Na medida em que o mercado vai mudando e novas tendências vão surgindo, as capacitações são a melhor forma de se atualizar como profissional de TI.

Ao se capacitar, o colaborador fica com o currículo ainda mais forte e mostra que se preocupa em estar preparado para as novidades do setor.

Algumas certificações realmente exigem investimentos mais altos, mas você pode se preparar e nesse ponto existem cursos preparatórios até mesmo grátis e onlines para facilitar a vida de quem trabalha o dia todo e precisa fazer seu próprio horário.

O importante é buscar estar sempre estudando algo novo e agregando novos valores como um bom profissional de TI.

Você é um profissional de TI em busca de maiores capacitações? Não deixe de ler:  8 Cursos de Segurança da Informação essenciais para o seu currículo