Categories: Tendências

Negócios digitais: o papel (e a importância) da TI nesse mercado

Os negócios digitais representam um índice em crescimento. Seja como estratégia para marcas que querem se aproximar de seu consumidor, como meio de superar o desemprego ou como complemento da renda.

Independentemente do motivo, uma coisa há em comum entre eles: a certeza de que a internet é um ambiente fértil e com potencial de investimento. Afinal, o uso dela vem conquistando cada vez mais espaço.

No Brasil, por exemplo, 70% da população já está conectada, inclusive em parte das regiões rurais, segundo pesquisa anual do Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic), realizada em 2019.

Toda essa facilidade de acesso expandiu a forma como o comércio é feito. O e-commerce e toda a transformação digital, juntamente com as mudanças de comportamento do consumidor em relação à compra, favoreceram o fortalecimento dos negócios digitais.

Neste texto vamos falar mais sobre o que são, de fato, os negócios digitais e suas características, mostrando os modelos que têm feito sucesso no Brasil e no mundo.

Além disso, falaremos sobre a importância da TI para cada um deles, destacando os motivos pelos quais investir nessa área é essencial.

Confira!

O que são negócios digitais?

Os negócios digitais são aqueles embasados no uso da tecnologia e da internet como forma de desenvolver e comercializar padrões mais modernos de produtos e serviços.

Eles representam uma nova fase de mercado, revolucionada pela web e por toda a transformação digital, no qual consumidores e marcas estão cada vez mais conectados, interagindo o tempo todo.

A rapidez com que todas essas novidades se consolidaram faz com que nem tenhamos consciência, o tempo inteiro, do que mudou.

Consultar opções de pedido e fazer uma encomenda em um restaurante apenas usando o celular é algo que, há alguns anos, soaria como irreal e futurista. Hoje é nossa realidade, e ela não para por aí.

Grandes empresas, renomadas e rentáveis, como Nubank, Amazon e Uber, por exemplo, operam em grande parte digitalmente, não necessitando de escritórios imensos e com muitos funcionários para que seus serviços tenham sucesso.

Com a ascensão do empreendedorismo, as oportunidades de negócios digitais prepararam o terreno para a tendência das empresas startups.

Estas que não necessariamente se limitam ao ambiente da internet, mas sem dúvidas se aproveitam muito bem dela são empresas jovens e inovadoras, com um modelo de negócios mais escalável.

Elas se diferenciam das empresas tradicionais por se estabelecerem em cenários de incertezas e com muitas soluções a serem desenvolvidas.

Características dos negócios digitais

Já entendemos, até aqui, que a base dos negócios digitais é a internet. Mas que outras características fazem parte desse modelo inovador que conquistou o mercado?

Vejamos um pouco mais detalhadamente sobre elas a seguir:

Tecnologias existentes

Para atender à demanda online, muitas ferramentas já chegaram ao mercado auxiliando no desenvolvimento dos negócios digitais.

Podemos pensar, por exemplo, aquelas que visam facilitar a comunicação com o usuário, como os chatbots criados a partir de Inteligência Artificial e os formulários de pesquisa de satisfação, as carteiras online e outras plataformas de pagamento, os softwares de gestão, entre outras.

Independente de qual seja o setor em que a ferramenta atua, essas tecnologias são criadas com o objetivo de otimizar processos e incentivar a interação com o usuário. Por essa razão, elas geram valor para o cliente e reduzem custos operacionais.

Transformação digital

A transformação digital, como citada anteriormente, é uma das componentes de todo o processo de consolidação dos negócios digitais.

As inovações como Big Data, Internet das Coisas, realidade virtual e aumentada, entre outras, criaram possibilidades amplas para o estudo do comportamento do consumidor e interação com o mesmo.

Porém, essa característica dos negócios digitais não se limita ao uso dessas ferramentas. Ela implica uma transformação cultural em todo o mercado, que vai desde a descoberta da necessidade de estratégia para o setor de TI até o papel do profissional da área e a relevância de suas capacidades técnicas e comportamentais.

Competitividade

Uma das principais características dos negócios digitais é a competitividade. As empresas que investem neste segmento estão constantemente desenvolvendo estratégias para alcançar uma posição de destaque.

Isso porque os novos negócios nessa área são cada vez mais recorrentes e é desafiador estar entre as marcas mais reconhecidas.

Ser escolhido pelo cliente envolve todo um contexto de fidelização, experiências de compra mais agradáveis e relacionamento próximo com o público.

Conectividade

Quando falamos em negócios digitais, estamos falando de internet e, consequentemente, de conectividade. Tudo funciona quando se está conectado, e saber como se posicionar é a palavra de ordem para o sucesso.

As redes sociais e a inserção das marcas nesse ambiente são um exemplo disso. Não só um espaço de relacionamento entre usuários, mas sim uma oportunidade para identificar tendências, possibilidades, erros e traçar melhorias.

As manifestações dos usuários através de comentários de postagens é o fomento da interação, abrindo uma porta para o esclarecimento de dúvidas e também para aproximação com essas pessoas.

A conectividade dos negócios digitais também implica estar acessível em qualquer dispositivo, seja desktop, smartphone ou tablet por exemplo. As empresas devem estar atentas a isso.

Flexibilidade

Um outro aspecto proporcionado pelos negócios digitais é a flexibilidade.

Afinal de contas, ao trabalhar pela internet, você se torna mais livre para trabalhar de onde estiver, muitas vezes até fazendo seu próprio horário e se organizando da forma que for mais adequada e conveniente.

Este inclusive é um dos pontos que faz com os negócios digitais sejam tão atrativos. Principalmente para jovens empreendedores, que buscam trabalhar com algo que verdadeiramente gostam, sem necessariamente estarem presos a uma rotina desgastante, podendo viajar e conhecer pessoas e lugares novos.

Atualização constante

O mercado de negócios digitais exige uma preparação muito profunda. É preciso estar ciente da necessidade de se manter atualizado, sabendo das inovações tecnológicas que surgem na sua área de atuação.

Pesquisar o público, a concorrência, os diferenciais e as experiências que o consumidor busca é a chave para ter sucesso nesse ramo. A busca incansável por novas informações é infinita e presente na rotina dos negócios digitais.

O aprendizado de hoje será ineficaz se não for atualizado amanhã. Tanto as tecnologias quanto o comportamento de consumo são inconstantes e exigem leitura, treinamentos, cursos online participação em eventos, fóruns, workshops, entre outros.

Investimento em marketing

O marketing tem como objetivo promover a aproximação entre a marca e seu público. Essa é uma ideia que se aproxima bem dos propósitos, que as empresas aos poucos descobrem serem muito importantes para alcançar o consumidor do mundo atual.

Considerando o ambiente da internet, tanto o conceito geral de marketing quanto as estratégias envolvidas nele ganham uma dimensão ainda maior.

Isso acontece porque o universo da web exige o desenvolvimento de uma conexão muito mais forte entre a marca e a seu público, incentivando a fidelização e o surgimento de seguidores capazes de apoiar e até defender a empresa.

Esse processo, conhecido como autoridade de marca, faz com que o investimento e o trabalho em marketing sejam incansáveis e tornem a empresa mais suscetível a ser buscada e encontrada por outras pessoas que possam se interessar pelo que ela tem a vender.

Negócios digitais promissores

Agora que você já entendeu o que são negócios digitais e quais são as características desse tipo de mercado, vamos ver exemplos mais concretos de negócios promissores para os próximos anos.

Você perceberá, com eles, como a TI é fundamental para o momento que estamos vivendo hoje. Confira!

Trabalho remoto

O trabalho remoto, também conhecido como home office, é um modelo de trabalho da era dos negócios digitais. É uma solução inovadora que traz bons frutos para ambas as partes: quem contrata e quem é contratado.

Ao passo que há uma economia para o profissional, que gasta menos tempo e dinheiro com condução, há a facilidade de trabalhar de onde quiser e onde se sentir mais confortável.

O resultado disso é um aumento da produtividade e uma integração mais flexível. Atualmente, existem empresas que adotam prestadores de serviço para atividades específicas ou contratam uma equipe inteira nesse molde, terceirizando um setor, por exemplo.

Para que isso dê certo, é essencial que haja uma ponte entre o home office e a empresa para a qual se está trabalhando. Essa ponte é a tecnologia, que permite a conexão em tempo real através da internet, facilitando a comunicação.

Naturalmente, o sucesso das operações depende do bom funcionamento deste equipamento, que deve contar com o suporte profissional de TI para verificá-lo regularmente e evitar problemas maiores como perda de dados ou atraso de projetos.

Assinaturas

As assinaturas não são exclusivas de negócios digitais. Antigamente já havia quem assinasse jornais e revistas, por exemplo.

Por outro lado, criou-se uma cultura de assinatura muito forte nos dias de hoje, seja de livros, bebidas ou, é claro, serviços de streaming de música ou audiovisual, como o Spotify e a Netflix.

Essas plataformas de assinatura, para serem tão atraentes quanto as ofertas que propõem, devem ter uma interface de fácil manuseio e devem esclarecer ao cliente o que ele está assinando.

Seja em um site ou aplicativo, é possível criar assinaturas para todo tipo de conteúdo, mas é preciso manter a plataforma em bom funcionamento.

A Netflix, por exemplo, caiu no gosto do público, entre outras razões, por seu player fluido e sem travamentos, mesmo com conexões menos potentes.

Economia compartilhada

Já se deu conta do quanto a economia compartilhada faz parte dos nossos dias? Seja pedindo Uber, Rappi ou iFood, seja alugando um quarto no Airbnb. Basicamente, estamos cercados por serviços que unem quem tem algo a quem precisa disso.

Esses tipos de negócios digitais estão extremamente promissores justamente por terem caído nas graças do público tão naturalmente.

Independente do setor em que o negócio digital atua, é preciso cuidar da manutenção destes serviços de perto. A TI, neste contexto, trabalha desenvolvendo aplicativos, ajustando bugs do sistema e acrescentando soluções que possam melhorar a experiência dos clientes que utilizam esse tipo de tecnologia.

Mobilidade urbana

Com a correria da rotina, a mobilidade urbana tem sido cada vez mais valorizada. Com o aumento do número de carros, há uma preocupação frequente com a piora do trânsito, principalmente nas cidades grandes.

Nesse sentido, aplicativos como Uber, 99, BlaBlaCar e Moovit, por exemplo, surgem com o intuito de administrar a mobilidade mesmo deixando o carro em casa.

O desenvolvimento dessas aplicações por profissionais de TI é essencial para que consigam de fato cumprir com o que prometem, como informar o horário e o trajeto corretos dos ônibus ou motoristas disponíveis na região em que o usuário está.

E-commerce

O e-commerce é um dos negócios digitais que cresce ainda mais a cada ano que passa, principalmente devido à comodidade que representa, tanto para o consumidor quanto para o empresário.

Não precisar sair de casa, enfrentar trânsito ou encarar o mau tempo, por exemplo, podendo comprar o que quiser no conforto de sua própria casa, é muito mais conveniente.

Para o empresário também, já que não precisa se preocupar com questões como aluguel de loja e contratação de um profissional para atender fisicamente.

Entretanto, o e-commerce exige um investimento em TI. Afinal, comparar preços na web é muito mais fácil, então é preciso ter um diferencial. Além de uma interface atraente, os sites ou aplicativos devem ter uma navegação otimizada e intuitiva.

Problemas técnicos como sistema indisponível, por exemplo, podem rapidamente fazer com que um cliente acabe comprando o produto na concorrência.

Segurança

A segurança está sendo cada vez mais valorizada. Isso acontece porque criminosos se dedicam a encontrar brechas para aplicarem golpes.

Sendo assim, no mundo virtual ou no físico, a tecnologia tem sido uma grande aliada da segurança. Para a navegação na internet, por exemplo, existem ferramentas tecnológicas cada vez mais avançadas na identificação de ameaças e tentativas de invasão, como os antivírus.

Consequentemente, as empresas investem em TI para blindarem seus sistemas e protegerem seus dados, principalmente contra perdas de dados.

Por outro lado, as indústrias de segurança patrimonial, por exemplo, investem cada vez mais no desenvolvimento de sistemas com câmeras com reconhecimento facial, tranca eletrônica, entre outras estratégias que garantem uma vigilância constante.

Canal no YouTube

Entre os negócios digitais, algo que tem se popularizado muito são os canais no YouTube. A renda dessa modalidade provém principalmente de anunciantes que o canal recebe de acordo com o aumento do número de inscritos.

Por ter inscrição gratuita, além de ser uma plataforma consolidada entre o público, essa acaba sendo uma opção para quem quer empreender através do engajamento com um público específico.

O YouTube, por sua vez, investe em TI para obter uma interface mais otimizada e um algoritmo cada vez mais preciso, buscando melhorar a experiência de seus usuários.

Como você pode ver, os negócios digitais são promissores e abrem um leque de possibilidades de atuação. Se você se interessou por esse assunto, confira também nosso artigo sobre carreira em TI e suas possibilidades.

Nathália

Recent Posts

Gestão de recursos de TI: 7 dicas para aplicar na empresa

A tecnologia tem assumido um papel estratégico no mercado corporativo. Consequentemente, os custos com a…

3 dias ago

CAPEX e OPEX: qual o melhor investimento para a sua TI?

Conforme a tecnologia vai avançando, os gastos do setor de TI vão aumentando. No entanto,…

1 semana ago

Quais são as novas tecnologias que estão transformando o mercado?

As novas tecnologias são aquelas caracterizadas por facilitar a captação e a transmissão de informações (em texto,…

2 semanas ago

Ferramentas de TI para técnicos: conheça as melhores!

Um suporte técnico que se destaca no mercado hoje é aquele que consegue ser ágil…

1 mês ago

Gestão de projetos de TI: dicas, desafios e lições do mercado

A gestão de projetos de TI é uma prática de governança que visa criar uma…

1 mês ago

Como planejar um ótimo orçamento de TI para a empresa

Os empreendedores se preocupam cada dia mais com o orçamento de TI, visto que esse…

2 meses ago