Gestor de TI: 6 dicas essenciais para se destacar nessa profissão

Gestor de TI: 6 dicas essenciais para se destacar nessa profissão

Gestor de TI

Você já parou para pensar na importância do gestor de TI?

A tecnologia é um elemento presente na rotina da maioria dos profissionais que atuam em ambientes organizacionais. Quando falamos em tecnologia, automaticamente estamos nos referindo ao setor de Tecnologia da Informação, tão importante para que tudo corra bem nas empresas. 

Mas, como sabemos, nem a melhor tecnologia pode resolver os problemas se não tiver alguém capacitado para atuar a favor dela. É aí que se insere o gestor de TI!

Um gestor de TI é aquele que conhece detalhadamente as rotinas administrativas e as ferramentas tecnológicas de uma empresa. Esse profissional busca os meios que mais otimizam o resultado do negócio e sabe-se que esse é um dos requisitos básicos para o momento mercadológico atual.

O gestor de TI é responsável por planejar e implementar sistemas de automação para o gerenciamento da informação e tem como função criar e aplicar estratégias de uso de TI para garantir o melhor desempenho da empresa.

Hoje você vai conhecer um pouco mais sobre a rotina e a importância deste profissional nos dias atuais, além de receber dicas de como se destacar nessa profissão, caso esteja interessado em seguir essa carreira ou evoluir nela. Confira!

O que faz um gestor de TI?

Antes de mais nada, podemos dizer que o gestor de TI é o profissional que conhece em profundidade toda a rotina administrativa e as ferramentas tecnológicas utilizadas na empresa em que atua.

Em outras palavras, o gestor de TI vai buscar, com base nos conhecimentos que possui sobre como a empresa funciona, formas de otimizar os processos e potencializar os resultados.

Logo, podemos afirmar que é de responsabilidade do gestor de TI gerir toda a equipe de TI, sendo um importante líder para o sucesso de todos os procedimentos. 

Vejamos, a seguir, de forma mais detalhada, quais as responsabilidades que cabem a esse profissional na sua rotina.

Escolha de projetos

A escolha de projetos para a área de informática exige um conhecimento acerca da infraestrutura e dos sistemas existentes na empresa, portanto o gestor de TI fica com essa responsabilidade.

Ele deve trabalhar também com a gestão do desenvolvimento e a integração desses sistemas na criação de projetos que facilitem o funcionamento dos processos internos de acordo com as necessidades da empresa e de seus clientes.

Gerência de projetos

O gestor de TI está presente em todos os momentos, verificando cada etapa do projeto e dizendo se a equipe pode passar para a fase seguinte ou não. 

Além disso, ele acompanha a finalização do projeto e também faz um levantamento dos erros e acertos ao fim. 

O gestor de TI tem a principal responsabilidade no sucesso dos projetos. É ele quem cuida da elaboração de todas as etapas, desde implantação, racionalização e adaptação dos processos.

Elaboração de estratégias

Outra função entre as tarefas principais do gestor de TI é a de elaborar estratégias que visam à segurança de dados, acessos, auditorias e à continuidade dos serviços de TI. 

Portanto, o profissional avalia os sistemas de informação, de segurança e de banco de dados e desenvolve estratégias para que tudo saia como planejado. 

É claro que nem sempre tudo sai como planejado, já que imprevistos acontecem e qualquer equipe está sujeita a isso, mas, nesses casos, o gestor de TI deve ter uma percepção rápida e elaborar uma estratégia que resolva o problema o quanto antes e com menos perdas possíveis.

Liderança de equipes

O gestor de TI é o líder que repassa os prazos e também orçamentos regularmente para a sua equipe. 

Além disso, ele deve observar o potencial de cada funcionário e, a partir disso, ser capaz de designar funções, buscando o melhor aproveitamento da capacidade de cada um.

Negociações

Negociações relativas à contratação para o desenvolvimento de projetos ou à alocação de recursos para desenvolvimento de atividades de análise e programação também fazem parte da lista de tarefas de um gestor de TI.

Compreensão de necessidades

O gestor de TI pode e deve procurar ter um relacionamento mais próximo dos clientes, visando compreender as demandas geradas por eles e identificando possibilidades de como trabalhar em cima delas para obter um resultado ainda melhor.

Controle de problemas

É importante que o gestor de TI identifique disfunções do sistema e solucione os problemas de rede. 

Da mesma maneira, ele deve ajudar no desenvolvimento e na integração de sistemas, identificando, documentando e buscando soluções alternativas para os eventuais problemas que surgirem.

Controle de qualidade

Monitorar e analisar indicadores dentro da empresa são também tarefas essenciais do gestor de TI e são mais do que fundamentais para o sucesso de uma organização

O controle de qualidade é uma das principais metas das empresas e faz parte da rotina diária dos processos, então um profissional que o acompanhe de perto é exigência mínima para o bom funcionamento do setor.

O perfil do gestor de TI

Ultimamente, fala-se muito sobre o novo perfil do gestor de TI.

O gestor de TI não é mais a pessoa que apenas demanda. Nos dias de hoje, é preciso que ele se envolva muito mais nas decisões estratégicas e esteja extremamente antenado com a evolução da tecnologia. 

Isso acontece não só com relação ao investimento nos projetos, mas também para conquistar a confiança de sua equipe e, como dissemos, extrair o melhor de cada um durante o trabalho.

Ou seja, o gestor de TI não é mais um profissional técnico e administrativo que trabalha com o conhecimento direcionado e só. 

Agora, ele precisa ter versatilidade e boa liderança para conseguir alcançar melhores resultados.

Separamos, a seguir, uma lista que resume os principais atributos que um bom gestor de TI precisa ter atualmente.

Ser comunicativo

Ser comunicativo é a base não só do relacionamento entre a equipe de TI, mas entre qualquer setor. 

A comunicação é a principal ferramenta dentro de uma empresa, se não o único meio eficiente de fazer com que o trabalho de todos os colaboradores esteja em conformidade e que todos os funcionários trabalhem em prol dos mesmo objetivos.

Saber se comunicar, para o gestor de TI em específico, é essencial não apenas no ambiente corporativo, em que ele está constantemente fazendo apresentações de relatórios e participando de reuniões, mas em seu relacionamento com equipes, fornecedores, colegas de trabalho e demais pessoas envolvidas.

Uma falta de comunicação pode levar a erros e causar um descontentamento na equipe, que pode não se sentir satisfeita com a forma de tratamento.

Ser engajado

Cabe ao gestor de TI saber engajar e motivar os colaboradores, atuando como mentor dos times de forma a garantir que os resultados conquistados estejam sempre acima da média.  

Isso, é claro, não é simples. É toda uma desenvoltura diária, um processo que aos poucos se instala e permanece como cerne de uma equipe com vontade de realizar propostas

A figura do gestor de TI é a que deve liberar esse sentimento coletivo.

Ser proativo

O mercado competitivo dos dias de hoje sempre busca por alguém com a habilidade de identificar novas tecnologias vitais para clientes e para a própria empresa, além de profissionais proativos capazes de determinar oportunidades estratégicas e de negócio.

Para isso, o gestor de TI deve estar constantemente informado sobre novas possibilidades, pensar como elas podem se aplicar em seu contexto de atuação e mais, não ter medo de expor suas ideias! 

Fazer tudo isso por própria conta, sem esperar que haja uma necessidade imediata, é um grande diferencial.  

Ser visionário

Assim como deve estar atento a novas tecnologias e estratégias, é importante projetar o futuro da empresa com base no presente. 

Ser visionário é enxergar possibilidades promissoras para o futuro ainda no presente, o que não é fácil, mas faz toda a diferença.

Saber fazer boa gestão de pessoas

Um gestor de TI competente deve ser capaz de cuidar não apenas de processos e demais questões administrativas, mas também de seus colaboradores.

Isso significa pensar nos funcionários como seres humanos, oferecendo feedback positivo e negativo, mantendo a equipe saudável e motivada, mediando conflitos e identificando e retendo profissionais de qualidade e capacidade.

Dicas para se destacar como gestor de TI

Como vimos, ter um perfil que se adeque às expectativas depositadas em um gestor de TI atualmente é um bom começo.

No entanto, pensando nos aspectos mais estratégicos e técnicos, que também são importantes para o desenvolvimento deste profissional, preparamos uma lista com algumas dicas muito úteis.

Anote aí!

1. Conheça a empresa a fundo

Essa dica pode parecer um pouco redundante, já que deve ser a principal característica de um gestor de TI, mas estamos falando de conhecer em um nível muito além da simples estratégia. 

Muitos gestores podem pensar que conhecer a empresa é saber com o que ela trabalha, em que estágio produtivo ela está e quais objetivos quer alcançar a curto, médio e longo prazo.

Isso, de fato, é muito importante, mas conhecer uma empresa totalmente tem a ver com o ritmo do trabalho, o nível de relação e cooperação entre os setores, os problemas internos de cada área e, claro, os tipos de pessoas que estão atuando ali.

Isso tudo é essencial para entender a dinâmica muito maior que está por trás das ações técnicas e mecânicas, e um gestor que dedica seu olhar para esses pontos consegue trabalhar com uma fluidez muito maior nos processos.

2. Pense a tecnologia como ferramenta

É muito comum nas empresas que diferentes unidades tenham objetivos distintos, sobretudo quando estas estão situadas fisicamente distantes umas das outras.

Conhecendo a empresa até mesmo nesses aspectos, o gestor de TI poderá interligar departamentos e unidades através de uma boa comunicação. 

Isso tudo fica muito mais fácil com o emprego da tecnologia certa, que irá ser implementada como parte da rotina corporativa através de um gestor de TI com visão. 

3. Dê e peça feedback

O feedback é uma importante maneira de se aprimorar profissionalmente, então não há motivo para criar uma barreira nessa ação.

Essa é uma forma de análise que faz parte do dia a dia do gestor de TI, que precisa passar para os seus colaboradores o resultado das avaliações feitas regularmente. É inevitável.

Um feedback justo permite que o funcionário conheça os seus pontos positivos e negativos, desenvolvendo uma estratégia para melhorar seu desempenho profissional e trazer melhores resultados para a empresa.

O gestor de TI, por outro lado, não deve ser isento de receber feedback. Afinal, ele também é um profissional buscando melhorar seu desempenho, certo? Ou seja, ele deve estar aberto a sugestões de seus colaboradores.

Ao permitir que essa interação e troca de comentários durante os projetos sejam naturais, o ambiente dentro do setor se torna saudável e produtivo.

4. Invista na equipe

Não podemos negar que as decisões tomadas pelo gestor de TI garantem o sucesso da gestão. 

Por outro lado, esse é um trabalho baseado na construção de uma equipe em sintonia, e não faz sentido que esse profissional tente fazer tudo sozinho.

Daí a importância de se comprometer a montar uma equipe bem preparada e competente.

Essa equipe deverá saber resolver questões de forma independente em determinadas situações, pois assim o gestor de TI pode se concentrar em outros problemas maiores que só ele pode resolver.

Além disso, mesmo após conseguir montar uma equipe engajada e dedicada, manter a motivação desses funcionários é sempre importante para que a qualidade do trabalho não diminua.

Por isso, permita que seus colaboradores façam cursos para se aprimorar, promova palestras, eventos, treinamentos e tudo o que seja possível para auxiliar essas pessoas a ter acesso ao que há de mais novo no setor e as vantagens de usar tudo na prática.

5. Tenha uma rede de contatos

Cercar-se de pessoas competentes nunca fez mal a ninguém, e ser bem relacionado é uma qualidade primordial para um gerente de TI. 

Ao ter contato com os melhores profissionais do mercado, o gestor mantém contato direto com as novidades existentes, aprende mais, descobre novas possibilidades de gestão e evolui como profissional.

Uma boa dica para fazer parte de uma rede de contatos do setor de TI é participar sempre de eventos voltados para essa área.

6. Invista em si mesmo

Gestores de TI e profissionais do setor de forma geral devem sempre se manter atualizados. Esse é um setor em que surgem novas metodologias o tempo todo.

Isso porque há sempre uma busca por otimizar processos e manter uma qualidade padrão da produção, o que não é tarefa fácil.

O gestor de TI deve conhecer essas abordagens. Por isso, além de ter em seu currículo elementos de formação, como bacharelado em área de computação e pelo menos o inglês como idioma adicional, é essencial que esse profissional busque por cursos de aperfeiçoamento e capacitação, além de participar de eventos e se atualizar sobre as pesquisas mais recentes.

Assim, ele poderá continuamente fazer melhorias em seu local de trabalho e alcançar bons resultados para a empresa.

Essas foram nossas dicas para você que quer se destacar como gestor de TI. Gostou? Confira também as tendências de TI para este ano!

Compartilhe no:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *