Gestão de TI – O que é, por que, quando e onde utilizar

Gestão de TI – O que é, por que, quando e onde utilizar

gestão de ti

A gestão de TI era um termo que nem passava pela cabeça de muitos CEO, CTO, gerentes, supervisores e outros cargos relacionados à área de tecnologia.

Não muito tempo atrás, essa área era só o departamento que criava os emails, arrumava os computadores quando não queriam ligar, e outros problemas de manutenção que envolviam hardwares e softwares.

Os tempos mudaram, e hoje a tecnologia da informação é um dos setores mais importantes de uma empresa, seja ela pequena, média ou grande, chegando até mesmo a ser core business de muitas companhias por aí.

Neste artigo, vamos explicar o que é, por que usar, quando usar e onde aplicar a gestão de TI na sua empresa.

O que é Gestão de TI?

Gestão de TI significa gerir todas atividades e soluções providas por recursos computacionais que têm como objetivo possibilitar a obtenção, o armazenamento, o acesso de informações para você usar no dia a dia da sua empresa.

É assim que a endeavor definiu este termo.

Sendo assim, podemos dizer que a gestão de TI é a que fica responsável por cuidar das informações e de desenvolver e criar projetos alinhados com as atividades diárias da empresa utilizando seus recursos.

Parece fácil só lendo a sua definição, mas na verdade não é. Gestão não significa apenas lidar com o computador, também é necessário gerir pessoas, ou seja, os colaboradores que também trabalham com a TI da empresa.

Desenvolvedores, web designers, técnicos de suporte… enfim, todos os cargos que trabalham na área de TI precisam trabalhar sinergicamente, e a gestão de TI é a que garante que todos trabalhem em prol de um mesmo objetivo.

Por que Usar a Gestão de TI?

Agora você sabe o que é, mas aí você se pergunta, por que devo fazer gestão de TI?

Porque é a gestão da tecnologia da informação que vai fazer com que você melhore a sua operação otimizando processos, é ela que vai ajudar a sua empresa a encontrar soluções inovadoras, é ela que vai fazer você se diferenciar dos concorrentes.

O mercado está cada vez mais competitivo, com demandas cada vez mais altas, agilidade e exigência de qualidade.

O segredo para conseguir lidar com tudo isso é conseguir coletar, juntar e organizar os dados de cada coisa, de cada processo da sua empresa.

Com isso em mãos você consegue analisar e obter insights importantíssimos para melhorar a sua empresa, descobrir os erros e onde pode melhorar.

E existe meio mais qualificado de gerar esses dados senão por meio da tecnologia?

A gestão de TI vai garantir tudo isso e o mais importante, vai começar a alinhar suas tarefas ao objetivo do negócio. Foi-se o tempo que a tecnologia era um setor isolado, agora ela é fundamental para o crescimento.

Quando utilizar a Gestão de TI?

Desde o início. Não espere tempo demais para começar a fazer a gestão de tecnologia do seu negócio.

Se você está começando agora, já comece a planejar a área de TI e definindo como será feita a manutenção de dados, a coleta de informações, como isso será feito, quem irá fazer e assim por diante.

Se a sua empresa já está rodando certifique-se de começar a fazer a gestão de TI para ontem!

Alinhe o seu time de tecnologia em torno da gestão, entenda os processos de cada subárea dentro da sua TI e veja onde cada uma se encontra.

Faça reuniões, defina uma estratégia de governança de TI, deixe claro os objetivos, metas e resultados que cada um deve atingir.

Onde Utilizar a Gestão de TI?

Em toda a empresa. Hoje em dia a maioria das pessoas em uma organização trabalham de frente com o computador, mexendo em sistemas, programas e outros recursos.

Portanto, treinar todos os seus colaboradores para determinadas coisas também é função da gestão de TI.

As abordagens mais recomendadas para essa tarefa são através de materiais e treinamentos preparados por sua equipe ou consultoria de TI.

Escrever um breve material, com as principais normas e detalhes sobre a gestão de TI da empresa, é uma solução eficaz.

Alguns exemplos de informações que podem ser incluídas no documento:

  • Restrições de acesso às redes sociais e outros sites;
  • Como funciona o armazenamento de arquivos para cada área;
  • Orientações sobre o uso correto do e-mail corporativo;
  • Maneiras de identificar e evitar os vírus de computador;
  • Indicação dos contatos de suporte.

Em seguida, alinhe com o setor de Recursos Humanos para incluir tais orientações no treinamento de integração da empresa.

Torne-o um procedimento padrão para novas contratações. Além disso, deixe o conteúdo disponível em uma pasta pública ou intranet. Desta forma, todos podem acessá-lo facilmente.

Contudo, reforce a mensagem sobre a disponibilidade de suporte. Quando o usuário perceber alguma instabilidade em seu computador, o responsável pelo setor de TI deve ser alertado imediatamente.

Em muitos casos, uma simples irregularidade pode indicar problemas muito maiores, que exigem uma investigação minuciosa.

Portanto, peça aos seus colaboradores para que não tentem resolver tais problemas sozinhos. Sempre consulte um profissional de confiança antes.

Compartilhe no:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *