Reduza os custos de TI da sua empresa ou ganhe dinheiro fazendo chamados de TI

Blog

Tudo que você precisa saber sobre tecnologia em um só lugar.

Não deixe que sua empresa pare por falta de manutenção de redes

Post manutenção de redes para empresas

Quando o assunto é TI, além da manutenção de computadores, é preciso se preocupar também com a manutenção de redes. Esse é um hábito importante para prevenir a empresa das situações mais adversas.

As redes, dentro de uma empresa, são semelhantes ao sistema circulatório do corpo humano. Através delas trafegam dados, como se fossem as vitaminas e minerais. Essas informações, por sua vez, são distribuídas para os computadores dos colaboradores da empresa, que são como os órgãos do corpo humano.

Você tem ideia de quanto em quanto tempo é preciso providenciar a manutenção de redes da sua empresa? Se você não dispõe de uma equipe de TI interna, coloque essa ação na sua agenda, para lembrar de acionar o seu parceiro de suporte técnico.

A manutenção de redes evitará que o seu negócio pare, repentinamente, por conta de um problema que pode ser previsto. Com o apoio dos nossos Supporters, explicamos mais sobre a importância desse tema. Confira!

Quando devo fazer a manutenção de redes em minha empresa?

Bem, a resposta para essa questão é muito relativa. O recomendado é que a manutenção de redes seja realizada somente quando, realmente, há necessidade.

Ela pode acontecer quando a sua estrutura estiver muito antiga, em casos de danos por acidentes ou por conta de materiais de baixa qualidade deteriorados.

Para ter certeza de que está tudo em dia e conferir se haverá a necessidade de investir na manutenção de redes, é preciso monitorar sua estrutura.

Por isso, é sempre importante acionar um técnico de confiança regularmente, para avaliar a situação do seu escritório. Apenas um profissional será capaz de fornecer um diagnóstico certeiro sobre sua rede, computadores e outros equipamentos de tecnologia.

Sem a manutenção de redes sua empresa pode parar

Vamos imaginar que um técnico diagnosticou a necessidade da manutenção de redes em sua empresa. Porém, você não conseguiu realizá-la, pois não podia parar os processos de seus clientes.

No início, essa falta de manutenção de redes geraria lentidão em todas as máquinas do escritório. Consequentemente, isso afetaria a resposta das aplicações e programas utilizados, tornando a execução de tarefas impossível.

Em poucos dias os computadores ficariam indisponíveis, acarretando na paralisação total de suas atividades.

O impacto da falta de manutenção de redes atingiria diretamente a receita da sua empresa. Seus colaboradores seriam impedidos de trabalhar e os clientes, que dependem dos seus serviços, ficariam insatisfeitos com a paralisação das suas atividades.

Para uma empresa que precisa se manter e está em busca de bons resultados, apenas a hipótese dessa situação chega a ser aterrorizante. Não dar a devida atenção à sua área de TI ou deixar de fazer a manutenção de redes, pode por todo o seu negócio a perder.

Além dessa situação, a necessidade de manutenção de redes também pode estar relacionada à evolução do negócio. Quando uma empresa cresce, mas a sua estrutura de redes permanece a mesma, os problemas mencionados acima também vão ocorrer.

Nesse cenário, a saúde da rede deve ser acompanhada de perto, durante a expansão do negócio. Desta maneira, será possível identificar o momento exato de realizar a manutenção de redes.

Leia também: Como reduzir os custos de TI com profissionais sob demanda?

Os problemas que a falta de manutenção de redes causa

Hoje todos nós dependemos da tecnologia tanto em nossa vida pessoal, quanto no ambiente corporativo Não há mais como escapar dessa realidade. A área de TI das empresas é indispensável. Apenas através da tecnologia é possível alavancar os negócios.

Como exemplificamos acima, a falta de manutenção de redes pode levar qualquer empresa a ter sérios problemas. A situação pode chegar a um quadro tão extremo, que será necessário realizar o upgrade de infraestrutura, esteja o negócio preparado ou não.

Esse processo de última hora envolverá a compra e troca de equipamentos da infraestrutura, tais como switches, roteadores e servidores. O que acabará gerando um custo adicional altíssimo, já que eles não estariam previstos no orçamento da empresa.

Confira alguns exemplos de prejuízos que as empresas podem ter, por parar suas atividades para a manutenção de redes repentinamente.

  • Multas determinadas por contrato, por não atender cláusulas relacionadas à inoperância e atrasos de entregas.
  • Processos judiciais, por parte de clientes que se sintam lesados, alegando falta de compromisso;
  • Perda da base de clientes por insatisfação, devido à incapacidade da empresa de atender as demandas solicitadas.

Qual profissional de TI contratar para realizar a manutenção de redes?

Ninguém melhor para responder essa pergunta do que um especialista em TI. Por isso, perguntamos aos nossos Supporters quem é o profissional indicado para essa missão.

Segundo Gustavo Souza “Deve-se contratar um consultor para avaliar a situação. Ele é quem fará o ‘ajuste fino’, que nada mais é do que as configurações mais sensíveis de uma rede. É a manutenção de rede otimizada. Além de realizar a manutenção, o consultor também ‘turbina’ a rede”.

Ainda de acordo com Souza, um técnico de infraestrutura também pode fazer esse trabalho. Contudo, no mercado de TI, é mais comum que o consultor execute essa missão. O técnico realiza o acompanhamento ou monitoramento posterior à manutenção ou implantação da rede.

Usar uma rede em nuvem ajuda a evitar a manutenção de redes?

É cada vez mais comum ver empresas migrando para os serviços em nuvem, com o objetivo de diminuir os seus gastos com TI.

Como um serviço sob demanda, a nuvem garante mais flexibilidade e agilidade para as empresas. Com ela, é possível aumentar ou diminuir a estrutura do negócio, quando bem entender, sem a necessidade de mover ou modificar equipamentos do local.

Antes de mais nada, é preciso entender que uma rede física e uma rede nuvem são a mesma coisa. A diferença é que a infraestrutura física está instalada localmente, no Data Center da sua empresa.

Do outro lado, a rede em nuvem é, basicamente, a mesma infraestrutura, instalada em um Data Center em algum lugar do mundo, administrado por uma empresa especializada nesse serviço. Amazon AWS, Microsoft Azure e Google Cloud Plataform são alguns exemplos.

Configurar uma rede em nuvem tem custos mais baixos para implementação e operação, em relação a uma rede local. A nuvem elimina a necessidade de ter uma equipe de analistas e técnicos no local, abrindo a possibilidade para a empresa contratar esses serviços apenas quando realmente precisar.

Há também a vantagem de diminuir a ocupação de espaço físico no escritório, onde seria instalado os servidores. Além disso, como a infraestrutura de rede demanda um consumo alto de energia, migrando para a nuvem você notará uma diminuição significativa na conta de luz do seu negócio.