Aprenda como evitar ataques virtuais na sua empresa

Aprenda como evitar ataques virtuais na sua empresa

evitar-ataques-virtuais-empresas

Você já foi vítima de ataques virtuais em seu negócio? Infelizmente, a web está cheia de armadilhas. Hackers e pessoas mal intencionadas se aproveitam todos os dias de pequenos descuidos dos usuários menos experientes. É preciso redobrar a atenção ao navegar pela internet, para se evitar ataques de vírus e invasões de hackers.

Os prejuízos dos ataques virtuais no ambiente corporativo, por exemplo, são alarmantes. Segundo uma pesquisa, realizada pela consultoria Grant Thornton, em 2016, as empresas perderam aproximadamente US$ 280 bilhões, em decorrência dos ataques virtuais. Não importa o tamanho do negócio, se prevenir contra a ação de hackers, é fundamental.

Este artigo reúne dicas para que você possa navegar pela web com segurança. Os Supporters, Edson Gonçalves e João Cândido, contam quais são as principais maneiras de se defender de ataques virtuais.

Quais são as armadilhas mais perigosas presentes na web?

Para responder essa pergunta, é preciso pensar no público mais vulnerável aos ataques virtuais. Um alvo fácil, para a ação de hackers, são os usuários inexperientes ou sem conhecimento sobre TI. Partindo desse princípio, as armadilhas mais perigosas, serão aquelas mais difíceis de identificar.

Nesse quesito, o phishing é disparadamente uma das armadilhas mais comuns para enganar usuários despreparados. Essa técnica utiliza páginas falsas – que imitam as versões originais quase perfeitamente – para capturar informações dos usuários. O phishing pode acontecer através de sites, e-mails e até mesmo aplicativos. O Supporter, Edson Gonçalves, faz um alerta: “As técnicas para disfarçar tais ataques têm sido melhoradas constantemente, para dificultar que os usuários reconheçam as ameaças”.

Além do phishing, o Supporters, João Cândido, também listou outras duas formas comuns de ataques virtuais. Segundo ele, ofertas provindas de redes sociais também podem ser perigosas. Principalmente, quando solicitam download de programas. Essas aplicações, por muitas vezes, podem instalar extensões maléficas nos computadores. O outro caso comum é através do download de conteúdos ilegais. Eles podem exigir tanto o download de programas ou a assinatura de conteúdos, que, futuramente, irão danificar os dispositivos infectados.

Como evitar os ataques virtuais?

É importante tomar alguns cuidados, para se prevenir contra ataques virtuais. Confira ações primordiais, para evitar ciladas na web, segundo os Supporters:

  • Reforce constantemente a segurança de TI do seu negócio. Tenha instalado, no mínimo, o pacote básico de proteção, compostos por antivírus e firewall. Não deixe a sua empresa vulnerável;
  • Utilize navegadores conhecidos e de confiança;
  • Navegue apenas por sites que estejam marcados como seguros, com um ícone de cadeado, no campo de endereço.
  • Jamais ignore os avisos de sites perigosos do seu navegador;
  • Acesse links e aplicações apenas de e-mails conhecidos de sua lista. Se necessário, cheque antes com o remetente se ele realmente lhe enviou a mensagem em questão e se aquele é um endereço seguro de ser acessado;
  • Ao acessar sites de instituições financeiras, preste atenção se o domínio começa com https://. Caso não comece dessa forma, é aconselhável contatar a instituição por telefone e informar o ocorrido;
  • Antes de acessar sites que solicitem o seu e-mail e senha, confira se não há nenhuma irregularidade ou algo fora do normal.

Compartilhe no:

Comentários 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *