Reduza os custos de TI da sua empresa ou ganhe dinheiro fazendo chamados de TI

Blog

Tudo que você precisa saber sobre tecnologia em um só lugar.

Como proteger os dispositivos da empresa com Endpoint Security

Como proteger os dispositivos da empresa com Endpoint Security

Na área de TI, as soluções voltadas para a segurança da informação têm se tornado cada vez mais necessárias. Uma delas é o Endpoint Security, também conhecido como segurança de endpoint. Você já ouviu falar dele?

Basicamente, o Endpoint Security é uma abordagem de proteção de uma rede empresarial caso ela seja acessada por meio de dispositivos sem fio via Wi-Fi, como smartphones, estações de trabalho, notebooks e tablets.

Neste artigo, vamos explicar melhor o que é e como funciona essa proteção de rede, quais são as diferenças dela para outras soluções mais conhecidas, como antivírus e firewall, e por que você deve aderir a ela na sua empresa. Continue a leitura para saber mais!

O que é o Endpoint Security?

Muitas empresas têm migrado para o universo digital com o objetivo de se tornarem mais competitivas. No entanto, essa mudança envolve alguns desafios, principalmente em relação à segurança.

Afinal, torna-se necessário saber como proteger a sua empresa de invasões externas que possam colocar em risco a segurança de dados confidenciais. Pensando nisso, criou-se o Endpoint Security.

Traduzindo literalmente, endpoint significa “ponto de extremidade”. No ramo de TI, esse termo pode representar pontos de comunicação de acesso para alguma aplicação. Nesse caso, seria o Endpoint de Comunicação.

Ele também pode representar um fragmento da estrutura de segurança de rede. Ou seja, o Endpoint Security, que é o nosso foco neste artigo.

Portanto, o endpoint se refere a qualquer dispositivo, móvel ou não, que se conecte à rede via Wi-Fi, como celulares, servidores, notebooks, tablets. Logo, a segurança de endpoint visa proteger esses dispositivos de ataques como worms, spyware e cavalos de troia.

Como a segurança de endpoint funciona?

Agora que você entendeu o que é a segurança de endpoint, chegou a hora de falarmos sobre como ela funciona na prática.

Na maioria dos casos, o Endpoint Security conta com softwares específicos de segurança e procedimentos padronizados que são autorizados a negar ou aceitar determinadas ações. A segurança de endpoint também é capaz de controlar o acesso aos aplicativos, à rede e à Internet e também consegue controlar os próprios dispositivos.

Além disso, esse sistema é responsável por detectar e responder ameaças, realiza proteção anti-malware e faz o gerenciamento das perdas de dados.

Os softwares de segurança de endpoint trazem algumas diferenças entre si, mas grande parte deles conta com firewall, anti-spyware, ferramentas de antivírus e muito mais.

Para que possa funcionar na capacidade máxima, é importante que os dispositivos estejam sincronizados com o sistema de segurança da empresa. Ou seja, é necessário que exista uma extensão desse sistema em todos os dispositivos. 

Quais são as diferenças para outras soluções de segurança?

Talvez você esteja se perguntando: “se eu já uso antivírus, então por que deveria ter o Endpoint Security na minha empresa?”

Saiba que a segurança de endpoint e outras soluções de segurança não têm as mesmas funções. Abaixo citamos alguns exemplos:

Endpoint Security x Antivírus

O antivírus tem como objetivo detectar e remover programas de softwares maliciosos em computadores e notebooks, certo? Já o Endpoint Security engloba toda a infraestrutura.

Como falamos anteriormente, a segurança de endpoint não apenas conta com o anti-malware (que existe no antivírus) como também traz outras funcionalidades que são capazes de proteger os dispositivos da sua empresa de diversos tipos de ameaças.

Endpoint Security x Firewall

Quanto ao firewall, é importante lembrar que a função dele é uma ferramenta responsável por filtrar o tráfego na Internet, de acordo com aspectos relacionados à segurança. 

Desse modo, é comum que as empresas bloqueiem o acesso dos colaboradores a certos sites devido ao perigo que eles podem oferecer para a segurança do dispositivo.

No entanto, a segurança de endpoint vai além da filtragem de rede. Ou seja, ela conta com firewall, mas também coleta outros logs importantes para apoiar a segurança.

Endpoint Security x Segurança de Rede

Outra confusão que muitas pessoas fazem é acreditar que a segurança de endpoint e a segurança de rede são sinônimos. Na verdade, esta última se refere à proteção da rede, enquanto o Endpoint Security está ligado à proteção dos dispositivos.

É importante destacar que, caso os seus dispositivos estejam bem protegidos com o Endpoint Security, as chances de a sua rede sofrer ameaças são bem menores. Portanto, além de implementar política de segurança de rede, você não pode ignorar a necessidade de contar com protocolos de segurança de endpoint.

Sendo assim, o principal diferencial do Endpoint Security para outras soluções de segurança é que ele fornece mais ferramentas de proteção, oferecendo maior segurança para os dispositivos e, assim, garantindo a integridade deles.

Por que aderir ao Endpoint Security?

Ainda está com dúvidas se deve ou não implementar o Endpoint Security na sua empresa? Então, veja os benefícios dessa solução de segurança a seguir:

Prevenção e neutralização de riscos e ameaças

Sem dúvidas, um dos principais benefícios do Endpoint Security é a possibilidade de proteger melhor os dispositivos da empresa por meio da prevenção e neutralização de riscos e ameaças.

Afinal, esse sistema impede que os malwares afetem os processos em andamento nos dispositivos. Além disso, ao controlar os aplicativos, as chances de acontecer algum ataque são bem menores.

Por meio do Endpoint Security, é possível identificar e enviar os vírus diretamente para a quarentena, além de bloquear o acesso dos usuários caso eles estejam tomando ações fora do padrão.

Integração com novas tecnologias

A segurança de endpoint pode ser facilmente integrada a outras tecnologias, porque as atualizações ocorrem em único software. Desse modo, conforme a necessidade, você pode atualizar todos os dispositivos de forma bem rápida.

Instalação fácil

Outra vantagem bastante relevante do Endpoint Security é a facilidade na instalação. Geralmente, para instalar esse sistema de segurança, você deve apenas configurar a instância principal no servidor e, em seguida, fazer a instalação do software em todos os dispositivos que deseja proteger.

Como você pôde perceber, contar com a segurança de endpoint é uma estratégia muito importante para oferecer a proteção necessária para os dispositivos da sua empresa e, assim, evitar riscos e incidentes que possam prejudicá-la.

Agora que você sabe mais sobre Endpoint Security, entenda como implementar essa estratégia com a ajuda de serviços profissionais de TI!