Reduza os custos de TI da sua empresa ou ganhe dinheiro fazendo chamados de TI

Blog

Tudo que você precisa saber sobre tecnologia em um só lugar.

Como escolher uma impressora: tire suas principais dúvidas

Como escolher uma impressora: tire suas principais dúvidas

Uma dúvida muito comum nos dias de hoje é de como escolher uma impressora. Nas empresas, principalmente, essa é uma escolha que pode variar muito, dependendo da rotina do negócio.

É normal que as pessoas fiquem um tanto quanto confusas, já que existem inúmeros tipos de diversas marcas disponíveis no mercado. 

De tempos em tempos, surgem novos modelos com funções novas e diferenciadas, o que acaba aumentando a indecisão de quem não quer investir seu dinheiro de maneira precipitada.

Neste artigo, vamos tirar as principais dúvidas de como escolher uma impressora, mostrando que é necessário analisar as necessidades a que o equipamento servirá, para só então adquirir o modelo que ofereça os resultados esperados por um preço justo.

Acompanhe!

Quais são os principais tipos de impressora?

Como já dito, existem no mercado diversos modelos de equipamento para impressão. Antes de saber como escolher uma impressora, vejamos um pouco mais sobre alguns dos principais tipos do mercado.

Impressora jato de tinta

A impressora jato de tinta se baseia em um sistema de tinta líquida, sendo uma ótima opção para quem precisa imprimir muitas fotos ou gráficos em cor e nitidez.

Algumas marcas e modelos podem ter outras funcionalidades, mas o essencial é saber que essa é uma opção para quem imprime baixos volumes, sendo ideal para ser usada em casa ou microempresas.

Impressora a laser

Esse tipo de impressora funciona como uma fotocopiadora e é, de longe, a mais comum em escritórios. 

Isso se dá por sua rapidez e agilidade de impressão, que consegue realizar uma alta quantidade de impressões em menos tempo, mas ainda assim com boa qualidade e baixo custo.

Enquanto as impressoras de jato de tinta usam cartuchos, os modelos a laser usam uma espécie de tinta em pó que, ao ser aquecida, fixa a impressão no papel. Esse suprimento é chamado de toner.

Impressora jato de cera

Esse também é uma ótima opção para quem precisa de uma impressora para escritório, com muita atividade durante o dia.

Os cartuchos de tinta e toners são substituídos por uma cera baseada em resina. Por isso, a qualidade da impressão em cores promete ser ainda melhor que no modelo a laser.

Sendo assim, a impressora de jato de cera é ideal para escritórios que precisam imprimir um alto volume de material em cores.

Impressora matricial

O modelo de impressora matricial ou de impacto também são utilizadas em escritórios pois tem a capacidade de imprimir vários documentos ao mesmo tempo, ideal para processos mais burocráticos como folhas de pagamento e notas fiscais, por exemplo.

É um modelo econômico e com alta durabilidade.

Impressora multifuncional

Este tipo de impressora é ideal para quem precisa de um pouco de tudo. Impressão de documentos e fotos, cópias, digitalização e fax, tudo em um mesmo equipamento.

A nutrição pode ser por jato de tinta ou laser, variando de um modelo para outro.

Como escolher uma impressora?

Sabendo quais os tipos mais comuns no mercado, já é possível perceber que a escolha depende muito das necessidades do indivíduo ou empresa que fará uso do equipamento.

Mas para não errar nesse processo, seguir alguns passos simples pode ser uma estratégia útil para, a cada etapa, estar mais próximo da escolha correta.

Veja quais são eles:

1. Avalie a necessidade da impressora

O primeiro passo é analisar a necessidade do equipamento. Nesse ponto, algumas perguntas podem ajudar como orientação inicial. Faça um levantamento de:

  • A impressora será usada em uma residência ou escritório?
  • Você precisará fazer impressões com frequência ou pontualmente?
  • As impressões deverão ser em cores ou em preto e branco?
  • Será necessário imprimir apenas documentos ou fotos também?

2. Defina um orçamento

O quanto você pode ou está disposto a gastar com uma impressora? Imponha uma faixa de preço aceitável. 

Esse aspecto é muito importante para estreitar ainda mais as opções e facilitar no momento da escolha final.

3. Confira o sistema operacional do seu computador

É importante lembrar que nem toda impressora pode ser compatível com o sistema operacional do seu computador. 

Certifique-se de verificar isso e ter essa informação anotada para não acabar adquirindo um produto que não poderá ser conectado ao seu PC.

4. Defina o tipo de impressora

Você agora precisa escolher entre os tipos de impressora. Como vimos, impressoras a laser geralmente são mais rápidas, mas funcionam melhor imprimindo em preto e branco, por exemplo.

Nesse momento, você deverá analisar as perguntas respondidas no primeiro item deste passo a passo e comparar com as vantagens específicas de cada tipo de equipamento, visualizando qual se adequa melhor ao seu propósito.

5. Estude as configurações

As configurações das impressoras variam, mesmo entre um mesmo tipo. É importante estar atento à esses aspectos também, pois influenciam no desempenho da máquina de acordo com o trabalho que ela terá que realizar.

Não deixe de conferir aspectos como:

  • Resolução: Uma impressora com resolução alta é melhor para quem precisa imprimir apresentações gráficas e fotos com boa qualidade; 
  • Velocidade: O número de páginas impressas por minuto é uma informação importante para quem imprime grandes quantidades de arquivos;
  • Tamanho da impressão: Se você vai imprimir arquivos com tamanhos de papel diferentes do padrão A4, por exemplo, verificar essa informação é essencial para não ter papel atolado na bandeja;
  • Qualidade de foto e entrada para cartão: Para quem precisa trabalhar frequentemente com fotos, melhor buscar um modelo que priorize esse tipo de impressão, tanto na qualidade de imagem, quanto na entrada para cartão de memória.
  • Usabilidade: Para escritórios, é essencial que a impressora seja fácil de ser usada. Pense no perfil das pessoas que vão utilizar o equipamento e priorize a usabilidade para que não haja estresse durante o uso do equipamento.

6. Avalie o custo-benefício

O último ponto a se pesquisar é o gasto que cada tipo de impressora representa. 

Algumas podem ter um valor de compra mais alto, porém seu material de suprimento é mais econômico e com maior durabilidade, o que a longo prazo é mais economia.

Use essa etapa para definir com mais precisão entre os tipos e modelos favoritos até aqui. Coloque os números no papel e compare com o orçamento estipulado no item 2, finalmente podendo tomar uma decisão mais assertiva.

Cuidados com a impressora

Agora que você já sabe como escolher uma impressora, deve ter percebido que esse é um investimento que demanda muita pesquisa

Após ter todo esse trabalho, com certeza você não vai querer danificar o aparelho, o que torna aconselhável a ajuda de um profissional de TI.

É importante assegurar uma instalação correta no local em que ela será utilizada, até mesmo para conferir se o aparelho está funcionando corretamente.

Da mesma forma, uma manutenção preventiva e periódica mantém a vida útil da impressora por mais tempo, evitando a deterioração interna do equipamento por conta de peças desgastadas. 

Agora que você já sabe como escolher uma impressora, continue fazendo boas escolhas e conte com a NetSupport para manter seu aparelho funcionando corretamente.