Reduza os custos de TI da sua empresa ou ganhe dinheiro fazendo chamados de TI

Blog

Tudo que você precisa saber sobre tecnologia em um só lugar.

Certificação PMP: como funciona o exame e como conseguir a sua

Certificação PMP: como funciona o exame e como conseguir a sua

Profissionais que estão sempre buscando se atualizar e aprimorar seu conhecimento são sempre vistos com bons olhos no mercado. A certificação PMP é uma das que confere um importante diferencial. 

Sendo uma das certificações mais prestigiadas no meio corporativo e com um alcance internacional, não é à toa que se tornou meta para tantas pessoas, inclusive para quem trabalha com TI.

Neste texto, listamos tudo que você precisa saber sobre a certificação PMP

Assim, você poderá decidir se ela é o que você procura e, ainda, conferir algumas dicas importantes que vão te ajudar com o processo de preparação para o exame.

Ao final do artigo, entre outras coisas, você vai saber:

  • O que é a certificação PMP;
  • Qual a importância da certificação PMP;
  • Como é o processo para obter a certificação PMP;
  • Dicas de como conseguir a certificação PMP.

O que é a certificação PMP?

A certificação PMP significa Project Management Professional ou, em português, Profissional de Gerência de Projetos.

Sendo assim, essa é uma certificação voltada para profissionais que gostam de liderar projetos e querem crescer em uma carreira de gerente de projetos.

Porém, ela não é uma certificação para quem está interessado em começar a trabalhar nesta função, muito pelo contrário. 

Como veremos mais adiante, ela é voltada para quem já tem alguma experiência na área de gerência de projetos. A boa notícia é que a certificação PMP não se restringe a apenas uma área. 

Assim como para áreas como marketing, engenharia, ou arquitetura, por exemplo, a TI também é muito beneficiada por um gestor com a certificação PMP.

Isso acontece porque a certificação, reconhecida em mais de 150 países, define que o profissional está capacitado em um alto padrão de qualidade para a gestão de projetos, seguindo padrões da ISO (International Organization for Standardization ou Instituto Nacional de Padrões, dos Estados Unidos). 

Além disso, o profissional certificado é reconhecido pelo PMI (Project Management Institute ou Instituto de Gerenciamento de Projetos), uma das maiores associações do mundo para profissionais que trabalham diretamente com o gerenciamento de projetos.

Em resumo, com a certificação PMP você será um profissional categorizado com a formação, experiência prática e capacidade para gerenciar projetos, segundo as boas práticas firmadas pelo PMI.

Qual a importância da certificação PMP?

A certificação PMP é essencial se você deseja se destacar como gerente de projetos. Ela capacita o profissional de forma profunda para uma atuação de excelência em todas as etapas de um projeto:

  • Iniciação: identificação das necessidades, definição dos objetivos, estudos de viabilidade, buscas de alternativas, gestão de riscos, premissas, etc;
  • Planejamento: definição do escopo do projeto e as atividades que serão necessárias;
  • Execução: aplicação de tudo que foi planejado;
  • Monitoramento e Controle: verificação da execução para saber se tudo que foi planejado está sendo devidamente executado;
  • Encerramento: entregas finais, aprovação e elaboração de relatórios.

Com isso, o profissional de TI, por exemplo, terá um destaque muito maior na concorrência do mercado de trabalho, pois muitas empresas já dão preferência para quem já conquistou a certificação PMP.

Isso acontece porque mais do que o conhecimento técnico necessário sobre o processo de gerir um projeto, as empresas sabem que esse tipo de profissional também apresenta habilidades essenciais para o sucesso da gestão, como:

  • Capacidade de se comunicar melhor;
  • Visão analítica e capacidade de identificar oportunidades;
  • Capacidade de controlar e evitar erros;
  • Habilidades de liderar e influenciar um time;
  • Inteligência emocional para lidar com a pressão da função.

Como é o processo para obter a certificação PMP?

Se você chegou aqui, certamente já entendeu o quanto essa certificação pode agregar para sua carreira se você deseja ser gerente de projetos de TI.

Mas como conseguir, afinal, esse tão desejado e aclamado título? É necessário passar em uma prova, é claro. Mas não apenas isso, como você vai ver ao longo desse tópico.

Primeiramente, é preciso se enquadrar em uma das categorias estabelecidas pela PMI, atendendo aos requisitos necessários para prestar a prova. São elas:

Categoria 1:

  • Diploma de graduação com duração mínima de quatro anos; 
  • Três anos de experiência com gerenciamento de projetos nos últimos oito anos; 
  • Mínimo de 4.500 horas práticas em gerenciamento de projetos; 
  • 35 horas de formação na área.   

Categoria 2:   

  • Diploma de ensino médio; 
  • Cinco anos de experiência com gerenciamento de projetos nos últimos oito anos; 
  • Mínimo de 7.500 horas práticas em gerenciamento de projetos; 
  • 35 horas de formação na área.

Para comprovar a experiência não é preciso ter atuado diretamente como gerente, mas sim em uma posição de liderança em uma das cinco etapas do gerenciamento de projetos, mesmo que em diferentes fases de sua carreira.

Como funciona o exame?

Todos os seus documentos devem ser enviados ao PMI. Após verificados e aprovados, você poderá passar pela prova, composta por 200 questões de múltipla escolha, 175 de avaliação e 25 de validação.

Com uma duração de quatro horas, é necessário acertar, pelo menos, 106 questões

Todas elas têm o mesmo peso para a nota e também são embasadas nas cinco etapas do gerenciamento de projetos: Iniciação, Planejamento, Execução, Monitoramento e Controle e Encerramento, além de algumas questões sobre responsabilidade profissional.

A prova é em inglês, mas há a possibilidade de solicitar também um segundo idioma. O preço é de 405 dólares para filiados do PMI e 555 dólares para os demais candidatos.

É importante destacar que, conquistada a certificação PMP, é preciso estar em constante atualização para que o título possa ser mantido

Seja na prática ou nos estudos, a cada três anos é preciso comprovar esse rendimento, além de se manter de acordo com a conduta estabelecida pelo PMI.

Dicas de como conseguir sua certificação

Como pudemos ver, a certificação PMP é um complemento de peso ao currículo de profissionais de diversas áreas, mas também é um investimento de alto valor.

Por isso, é importante se preparar bem, para garantir a aprovação. Aqui vão algumas dicas importantes para se sair bem no processo:

  • Revise bem os documentos comprobatórios de sua experiência relacionada na função;
  • Organize seus estudos visando o melhor aproveitamento do tempo;
  • Invista em um curso preparatório para ter contato com instrutores peritos na certificação PMP;
  • Escolha corretamente o material de consulta, selecionando apostilas e simulados que realmente vão ajudar no processo. Seja seletivo e não saia comprando tudo, pois você não conseguirá estudar;
  • Utilize o Guia PMBOK (Project Management Body of Knowledge ou Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos) para estudos. Ele é o material oficial da PMI;
  • Treine o inglês. Mesmo solicitando uma segunda língua, a prova conterá as versões em inglês, que podem ajudar em caso de alguma dúvida;

Com esse conhecimento e com essas dicas, você tem tudo para se preparar para a certificação PMP. Gostou desse conteúdo e quer ler mais sobre o mercado de TI? Confira outras oportunidades na área e como se dar bem nelas!