Reduza os custos de TI da sua empresa ou ganhe dinheiro fazendo chamados de TI

Blog

Tudo que você precisa saber sobre tecnologia em um só lugar.

O que é BI em TI: benefícios, aplicações e requisitos profissionais

O que é BI em TI: benefícios, aplicações e requisitos profissionais

Dentro das empresas, uma área da TI que tem crescido muito nos últimos anos é a de Business Intelligence. Mas afinal, o que é BI? O que fazem os profissionais dessa área e qual a sua importância para o negócio?

Os ambientes corporativos focados na estratégia e na inovação precisam otimizar seu tempo cada vez mais. Por isso, ter as informações corretas à sua disposição sempre que necessário é muito importante para alcançar a máxima produtividade

Como BI não é uma área isolada, mas sim um campo que visa integrar a TI e toda a gestão da empresa em uma única estratégia eficaz, é essencial entender o seu papel dentro da estrutura total.

Se você quer entender melhor o escopo de BI dentro da TI, assim como quais são suas atribuições e metas, continue lendo! Com a leitura a seguir você descobrirá tudo que precisa saber sobre esse tema.

E então, o que é BI?

Antes de tudo, BI significa Business Intelligence, ou inteligência de negócios. Esta é uma metodologia aplicada a todos os setores de uma empresa: operacional, financeiro, RH, marketing, comercial, entre outros.

A função dessa estratégia se baseia na análise de dados, liderada pelo departamento de TI. Ou seja, transformando-os em preciosas informações para a gestão do negócio.

Olhando para o desempenho de cada um dos setores analisados, é possível monitorar resultados e identificar a necessidade de investimentos. Portanto, o BI é uma importante ferramenta de suporte à tomada de decisão.

Como o BI se encaixa na estrutura de TI da empresa?

Os profissionais de BI são os responsáveis por garantir a governança de informação dentro da organização, manipulando dados e fazendo a interpretação constante deles

Como essa análise parte dos insights fornecidos pelos próprios setores internos do negócio, não é difícil entender que suas atribuições também são fundamentais para o processo de evolução da empresa.  

Em linhas gerais, os três pilares do escopo de trabalho do BI são:

  • Coleta de dados: todas as informações e dados da empresa são coletados e analisados no primeiro passo do processo. Aqui também entram em destaque aspectos como produtividade, oportunidades e reputação.
  • Organização e análise: tudo que foi analisado anteriormente segue para um banco de dados devidamente organizado. Com a ajuda de ferramentas e plataformas específicas, é possível tornar essa informação mais visual e de fácil compreensão para os gestores e outras pessoas de fora da BI.
  • Ação e monitoramento: a terceira etapa é finalmente a tomada de decisão baseada nas informações analisadas e organizadas. Após a ação, é importante monitorar os resultados e identificar se eles condizem com o que era esperado.

Porém, como você deve imaginar, o escopo de atividades da área de BI vai muito além disso.

A rotina de BI em TI

A estrutura organizacional conta com profissionais muito disputados pelo mercado. Por exemplo: Coordenador de BI, Analista de BI, Arquiteto de Dados e Analista de Big Data.

Esses colaboradores têm a responsabilidade de definir todo um plano estratégico para a organização. Claro, prezando sempre pela qualidade da informação. Para isso, é necessário integrar sistemas de forma eficiente e definir os requisitos básicos de cada operação.

É por isso que, em paralelo aos três pilares do setor, outras demandas importantes fazem parte da rotina do BI. Veja:

  • Promover a melhoria constante da qualidade das informações e soluções de sistemas de BI da empresa;
  • Disseminar as análises realizadas dentro do negócio, promovendo e incentivando o uso corporativo das informações levantadas;
  • Trabalhar constantemente de forma a padronizar os processos por meio do desenvolvimento de boas práticas de desenvolvimento interno, aplicando rotinas de verificação de qualidade das informações;
  • Oferecer serviços de suporte aos outros departamentos e usuários finais, criando caminhos para que os sistemas de BI sejam utilizados por diversas áreas da organização;
  • Incentivar novas iniciativas de BI dentro da empresa;
  • Aplicar treinamentos para os usuários no uso de sistemas relacionados à metodologia de BI;
  • Buscar a atualização constante do banco de dados, consultando fontes diversas e novas, além de integrar cada uma delas aos processos da organização.

Quais são os benefícios do BI?

Já vimos que os dados estão adquirindo uma importância cada vez maior para a estratégia das empresas. Por isso, contar com uma metodologia de análise e organização dessas informações é algo que só tem a agregar valor.

Então, agora que você já sabe o que é BI e por que essa área é tão essencial, listamos alguns dos principais benefícios de aplicá-la na empresa. Confira:

Uso inteligente do tempo

O tempo é um fator primordial dentro de uma empresa. De fato, as organizações que conseguem usar seu tempo de maneira inteligente se adaptam mais facilmente ao mercado dinâmico dos dias de hoje.

Com o BI e suas plataformas e sistemas, os gestores têm tudo que precisam para tomar decisões, produzir relatórios, gerar materiais de análise, reorganizar a estratégia e aplicar medidas emergenciais, se for o caso.

Manipular dados manualmente e gastar horas trabalhando com planilhas já não é mais uma opção.

Produtividade otimizada

Com uma gestão do tempo mais inteligente, é natural que as equipes consigam ser mais produtivas. 

Assim, fica mais fácil direcionar a atenção para o que realmente importa. Principalmente porque toda a empresa tem acesso aos dados e consegue se concentrar melhor em suas tarefas e objetivos.

As burocracias e barreiras entre departamentos vão sendo eliminadas. Consequentemente, há uma democratização da informação interna, para que todos possam compreender o que precisa ser feito mesmo sem o intermédio de um profissional de TI.

Melhoria constante

Com os relatórios de BI, a empresa pode acompanhar o andamento de SLAs (Service Level Agreements) e verificar se os acordos estão sendo cumpridos ou precisam de melhorias.

Da mesma forma, fica mais fácil monitorar o desempenho das equipes de vendas, as estratégias do departamento financeiro ou o funcionamento da infraestrutura de TI

Ou seja, o BI fornece um caminho seguro e claro para acompanhar os mais diversos objetivos e setores e aplicar melhorias sempre que necessário.

Os requisitos profissionais para trabalhar com BI

Considerando o Business Intelligence operacional do setor de TI, existem requisitos comerciais que tornam uma organização apta a trabalhar com soluções mais rápidas e eficientes, analisando dados com rapidez e identificando problemas com facilidade.

Segundo a Tableau Software, empresa especializada em BI, são 7 os requisitos principais que as empresas devem analisar no contexto atual do BI:

  1. Plug and play: aproveite a infraestrutura e os armazenamentos de dados existentes; 
  2. Veja a resposta: ajude o usuário comercial a ver respostas mais rapidamente;
  3. Muito além de relatório: forneça a capacidade de analisar e solucionar problemas rapidamente (não basta criar relatórios);
  4. Quaisquer dados e a qualquer momento: acesse dados que a equipe de TI desconhece; 
  5. Autoatendimento: capacite o usuário comercial a criar novos relatórios e exibições sem precisar do departamento de TI;
  6. Colaboração: proporcione meios de compartilhar e atualizar em tempo real as análises e descobertas;
  7. Simplicidade: não requer treinamento para iniciantes, apenas um treinamento mínimo para usuários comerciais sofisticados.

Desse modo, considerando os aspectos acima, um bom profissional de BI é aquele que consegue combinar habilidades técnicas, interpessoais e analíticas

Isso porque o trabalho vai exigir desse colaborador a capacidade de manipular softwares, plataformas e ferramentas de caráter complexo. Assim como fazer análises específicas do setor e, ao mesmo tempo, comunicar com eficiência suas descobertas para pessoas de fora da TI.

Identificar problemas, propor soluções, gerenciar banco de dados, construir relatórios, exercitar o pensamento crítico e ter visão de negócios. Essas são apenas algumas das principais habilidades essenciais que compõem o perfil desse profissional.

Gostou de saber o que é BI e quer conhecer outras oportunidades de carreira em TI? Confira outras possibilidades incríveis de carreira neste artigo!