Backup em nuvem ajuda a evitar a perda de dados. Saiba o porquê!

Backup em nuvem ajuda a evitar a perda de dados. Saiba o porquê!

backup em nuvem evitar perda de dados

Como estão sendo feitos os backups da sua empresa, você sabe responder? Bem, não precisamos nem dizer o quanto ele é importante para a segurança de um negócio.

Ao menor sinal de problemas em sua rede – como um caso de sequestro de dados, por exemplo – o backup pode ser o seu salvador. Para facilitar ainda mais o seu dia a dia, você já começou a fazer o seu backup em nuvem?

Se essa possibilidade ainda não tinha passado pela sua cabeça, leia esse post com atenção. Aqui, vamos contar tudo o que é preciso saber sobre o backup em nuvem. Nossos Supporters, Gislene Rodrigues e Luan Nauê, dão alguns bons motivos, para você considerar o uso dessa tecnologia o quanto antes.

Qual é a diferença entre um backup comum e o backup em nuvem?

O backup comum é um uma forma de salvar arquivos mecanicamente, através de cópias em HDs, CDs, DVDS ou fitas. Nesse caso, o próprio usuário configura uma máquina, desktop ou servidor para salvar os seus dados de forma mecânica. Geralmente, os backups físicos ficam alocados em locais próximos ao servidor principal, o que altamente não é recomendado. Quando o backup é feito de forma física, é importante que ele seja armazenado em segurança, em um local distante dos servidores. Isso por que ele deve ficar a salvo, caso haja alguma pane na área de TI da empresa.

Já o backup em nuvem se trata de um servidor virtual, não a contato físico com ele. Esse serviço costuma ser oferecido por grandes empresas como Google, Amazon e Dropbox. Basicamente, elas disponibilizam um espaço em seus data centers, para que empresas, como a sua, não dependam de uma rede VPN ou interna para salvar suas informações.

A princípio, a diferença na armazenagem de informações, entre esses dois modelos não é tão discrepante. Pelo menos no que diz respeito a administração de pastas e agendamento das cópias de segurança.

A diferença é perceptível, de fato, no quesito segurança de informações. O backup em nuvem é armazenado em ambiente de difícil acesso com maior proteção e segurança, em grandes data centers. Além disso, ele é bem mais acessível, já que você pode resgatá-lo sempre que precisar, com seu login e senha, de qualquer computador. Isso ajuda a garantir maior disponibilidade dos dados ou sistemas da sua empresa. Mas lembre-se: ambos tipos de backup se tornam perigosos com um uso irrestrito e inseguro.

Como funciona um backup em nuvem?

Diferente do modo tradicional, em que o usuário envia as informações direto para o dispositivo ou mídia de preferência, os dados são enviados a um local (o data center, no caso) via um programa ou aplicação da empresa que fornece o serviço de armazenamento em nuvem. É através desse aplicativo que será possível interagir com os respectivos arquivos.

O passo a passo, para começar a usar o backup em nuvem, então será:

  1. Contratar uma conta em uma empresa que preste serviços em nuvem;
  2. Criar as pastas para salvar os seus dados, dentro da aplicação ou programa. Como o Google Drive, por exemplo;
  3. Configurar o servidor, para que nos períodos definidos as cópias de segurança aconteçam.

Hoje é muito simples realizar um backup dessa maneira. As empresas que trabalham com o serviço já o fornecem de forma amigável. Assim, qualquer pessoa, com conhecimento técnico ou não, conseguirá realizar seu backup em nuvem. Contudo, é sempre indicado contar com a supervisão de um profissional especialista no assunto. Essa é a melhor maneira de garantir que a implementação desse processo ocorra de maneira correta.

Por que migrar para o backup em nuvem?

É uma reação natural ter um pouco de resistência quanto a mudanças. Mas, evitar a modernização dos seus processos, pode atrasar o crescimento do seu negócio.

Para começar, as mídias e equipamentos físicos são bastante instáveis. Um HD pode ser bastante sensível a impactos e quedas, enquanto um CD ou DVD pode tornar-se ilegível com o tempo. Caso esses recursos apresentem qualquer problema, você perderá todos os seus arquivos automaticamente. Os servidores físicos também têm as suas implicações. Será preciso arcar com os altos custos de instalação e manutenção, que elevarão os seus gastos. Fora isso, você estará correndo o risco constante de ter os seus dados violados por criminosos.

Em contrapartida, optando por um serviço de backup em nuvem, você poderá contratar um servidor sob demanda. Desta maneira, sua empresa pagará apenas pelo o que ela realmente usa. Também existe há facilidade de ter os seus dados sempre acessíveis, apenas com login e senha. A segurança dos grandes data centers é muito mais elevada, sendo assim, seus arquivos estarão muito mais seguros.

O backup em nuvem é mais seguros e possui baixo custo de manutenção. Você não precisará mais se preocupar com vida útil de equipamento e gastos com expansão e modernização. Como ele é escalável, a partir do momento que você precisar de mais espaço, basta contratar prontamente com seu fornecedor. Economizando nesse setor, você poderá investir em outras melhorias relacionadas à tecnologia.

DICAS EXTRAS

  1. Algumas opções de serviços de backup em nuvem para sua empresa: Amazon AWS, Google Drive, Microsoft Azure, DropboxMandic e Zoho.
  2. Contratando backups com Google Drive e Zoho, por exemplo, considere também a possibilidade de adicionar também os seus serviços de e-mail. Você não precisa nem se preocupar com o backup dessas mensagens. Elas já ficarão salvas de forma automática em nuvem.

Compartilhe no:

Comentários 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *